Seminário realizado em Salvador marca Dia de Combate à violência Sexual Contra a Criança e Adolescente

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

‘Esquecer é permitir, lembrar é combater. Faça bonito. Proteja nossas crianças e adolescentes’. Este é o mote do seminário promovido pelo Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual, juntamente com o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), para marcar o Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, nesta quarta-feira (18/05/2011), e convocar a sociedade a assumir a responsabilidade de proteger a infância e a adolescência no Brasil.

O evento será realizado, das 8h às 17h, no auditório da sede do Ministério Público, em Nazaré, reunindo especialistas no assunto, representantes do governo e da sociedade civil. O secretário Carlos Brasileiro apresentará o plano estadual de Enfrentamento à Violência Sexual contra Crianças e Adolescentes, e a coordenadora da ONG Jo’Burg Child Welfare, a sul-africana Caroline Bews, falará sobre o trabalho preventivo de combate à exploração sexual realizado durante a Copa do Mundo de 2010.

Participam ainda o procurador-geral de Justiça do Estado da Bahia, Wellington César Lima e Silva, a coordenadora do Centro de Apoio Operacional às Promotorias de Justiça da Infância e Juventude do Ministério Público do Estado da Bahia, Márcia Guedes, o secretário da Segurança Pública, Maurício Barbosa, entre outras autoridades.

No encontro serão discutidos temas como ‘O panorama da violência sexual contra crianças e adolescentes’, ‘O olhar da Segurança Pública’, ‘A proteção da dignidade sexual de crianças e adolescentes’. Além disso, estudantes e professores da rede pública municipal apresentarão os trabalhos do ‘Concurso 18 de Maio’, que premiará os vencedores.

Ainda como parte da programação haverá, na Praça Municipal, em frente à Câmara de Vereadores, exibições de dança, capoeira, música e teatro promovidas pelas comunidades do Arenoso, Cajazeiras, Vista Alegre e outros bairros.

18 de maio

Em 1973, na cidade de Vitória, no Espírito Santo, uma menina capixaba foi sequestrada, espancada, estuprada, drogada e assassinada em um ritual de orgia. Seu corpo apareceu seis dias após o crime, todo desfigurado por ácido. Os responsáveis jamais foram punidos. O Movimento de Direito à Criança e o Adolescentes, após uma forte mobilização, conseguiu a aprovação da Lei 9.970/00, que instituía o 18 de maio como o ‘Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes’, com o objetivo de mobilizar a sociedade brasileira no engajamento e luta pela causa.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108862 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]