Rio de Janeiro é exemplo na gestão de resíduos

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Portugal quer mais parcerias na Cplp para produção de energias renováveis e aponta experiência bem sucedida de cooperação energética com o Brasil.

Portugal quer investimentos e cooperação dos membros da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa, Cplp, para produzir energia a partir do gás metano. A afirmação foi feita nesta quinta-feira, em Nova York, pelo secretário de Estado português do Ambiente , Humberto Rosa.

Após participar da reunião da Comissão da ONU para o Desenvolvimento Sustentável, que vai até esta sexta-feira, o governante português apontou como experiência exemplar na gestão de resíduos o protocolo ativo com o estado do Rio de Janeiro.

Em entrevista à Rádio ONU, Humberto Rosa destacou o potencial das parcerias com o Brasil.

Recursos Genéticos

“O Brasil é por um lado um país que tem hoje uma política muito pró ativa em alterações climáticas, redução de emissões, redução do desmatamento, da desflorestação. E por outro lado, um país mega biodiverso, um país com mais biodiversidade do mundo. Um dos grandes resultados do ano passado, em termos de biodiversidade, foi o chamado regime para o acesso e partilha de benefícios dos recursos genéticos, uma velha reclamação do Brasil e de outros países com muita biodiversidade, “disse.

Emissão de gases

O secretário de Estado do Ambiente lembrou que Portugal atingiu 60% de produção de eletricidade a partir de fontes renováveis.

Em Nova York, a ONU fez um apelo aos governos para que alcancem progressos na negociação de um pacto para a redução da emissão de gases que causam o efeito de estufa, antes da Conferência sobre o ambiente que vai ocorrer na cidade sul-africana de Durban, em dezembro.

*Com informações: Eleutério Guevane | Rádio ONU em Nova York

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108944 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]