Presidente da OAB de Feira diz que morosidade da Justiça não é culpa dos advogados

Jornal Grande Bahia compromisso em informar.Jornal Grande Bahia compromisso em informar.

A demora nos julgamento dos processos, que levam anos a fio nos tribunais, é uma questão de grande complexidade, mas os advogados não são responsáveis pela situação, de acordo com o presidente da OAB da seccional Feira de Santana, Osvaldo Torres Neto. Segundo ele, os profissionais têm sido vítimas de ataques, por parte dos clientes, por conta do atraso na tramitação dos processos. “Os clientes têm buscado os seus advogados e colocado em cima deles toda a culpa pelo mau andamento processual”, disse o presidente, lembrando que não somente os clientes, como os próprios advogados são vítimas da situação caótica e falida em que se encontra o Judiciário baiano.

Dentre os principais problemas existentes estão a falta de juízes e serventuários que se encontram em uma situação de inércia face ao grande número e lentidão dos processos, além da falta de estrutura. “Tudo isso proporcionado pelo Tribunal de Justiça da Bahia, que é o grande culpado pela situação do Judiciário na atualidade”, criticou. Como conseqüência dessa morosidade, Osvaldo Torres Neto disse que está acontecendo o empobrecimento da categoria, já que como os processos não se findam, os advogados não recebem os seus honorários. “Nós vamos levantar essa bandeira de rechaçar qualquer tipo de situação em que se coloque o advogado na berlinda, como se ele fosse o culpado pelo andamento processual.

Toda a culpa é de exclusividade do Tribunal de Justiça, dos poderes públicos constituídos, da Assembléia Legislativa, que nunca demonstraram interesse algum em criar uma estrutura condizente com o tamanho e a importância do estado da Bahia, sexto maior PIB da nação e líder no Nordeste”, frisou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]