Oficinas gratuitas de experimentação audiovisual, promovidas pelo Instituto Claro, chegam ao interior da Bahia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Diariamente uma enorme quantidade de vídeos é produzida e postada na internet. Apesar disso, a maior parte desse conteúdo produzido pela chamada “geração upload” deixa a desejar no quesito qualidade. Com o objetivo de estimular o uso de novas tecnologias e promover o aprimoramento de novos realizadores visuais, o Instituto Claro promove no final do mês mais uma etapa do projeto Laboratório – Experimentações Audiovisuais com oficinas gratuitas nas cidades de Santo Antônio de Jesus, nos dias 28 e 29 de maio, e em Ilhéus, nos dias 31 de maio e 1º de Junho.

O projeto, que integra a plataforma de ações do Festival Nacional de Curtíssima Metragem – Claro Curtas, busca também estimular a experimentação via dispositivos móveis e incentivar a descoberta de talentos nas comunidades. Em 2011, o projeto já levou suas oficinas itinerantes para Salvador, Belo Horizonte (MG), Volta Redonda (RJ) e Cabo Frio (RJ). As oficinas são coordenadas pelos cineastas Philippe Barcinski e Marco Del Fiol. Na Bahia, as oficinas são ministradas por Marco Del Fiol e pelo cineasta e educador baiano Lula Oliveira, e o projeto conta com a parceria da Secretaria de Cultura do Governo do Estado.

Dentro das ações de democratização do audiovisual promovidas pelo Instituto Claro, também estão sendo distribuídos parapontos de cultura na capital e no interior do estado 1.500 kits educativos contendo um miniguia de produção de vídeos de curtíssima metragem, guia dirigido a educadores, além de vídeos educativos e acervo com os vídeos finalistas das edições anteriores do Festival Nacional de Curtíssima Metragem – Claro Curtas. A idéia é mesmo estimular educadores a realizar ricas experiências unindo audiovisual e aprendizado.

As novas gerações, que nasceram e cresceram na era digital, não se limitam apenas a absorver informações, mas também produzem e compartilham conteúdos na internet, boa parte composta por fotos e vídeos. Com um simples celular, câmera fotográfica digital ou webcam é possível captar imagens e sons. Com isso, criar, produzir, editar e difundir conteúdos audiovisuais tornou-se uma atividade ao alcance de toda a população.

Cada oficina tem a duração de dois dias. Durante esse curto período, os participantes vivem uma verdadeira imersão em audiovisual. Cada um deles cria, produz e finaliza um ensaio fotográfico e um vídeo digital de até 3 minutos de duração. A limitação de tempo e a intensidade do processo são intencionais. A idéia é dar um “empurrão” inicial capaz de romper a inércia, instigando os participantes a produzir seus próprios conteúdos e compartilhá-los em rede.

Os resultados impressionam pela quantidade de fotos e vídeos produzidos e também pela qualidade e podem ser conferidos nas edições da revista digital Laboratório e no acervo de vídeos produzidos pelos participantes. A difusão dos resultados ocorre por meio do site do projeto (www.projetolaboratorio.com.br/ba) e de ações nas redes sociais, valorizando talentos regionais e troca de experiências entre os participantes.

O Laboratório utiliza exclusivamente equipamentos e programas acessíveis para a produção dos vídeos e das fotografias. Todas as atividades propostas são realizadas com câmeras fotográficas digitais, computadores simples e softwares de edição de baixo custo ou livres, estimulando os participantes a seguirem produzindo por conta própria depois da experiência.

Na era digital, cabe perguntar – quem é artista? O que é ser artista? A produção de fotos e vídeos apresentada pelo Laboratório é um bom modo de ampliar essas reflexões.

No acervo de vídeos produzidos pelos participantes do Laboratório encontra-se ficção, documentário, videoarte, animação e outras aventuras audiovisuais, todas disponíveis no site www.projetolaboratorio.com.br/ba.

Sobre o Festival Nacional de Curtíssima Metragem – Claro Curtas

Com o tema “O Tempo do Agora”, a 3ª edição do Festival Nacional de Curtíssima Metragem – Claro Curtas traz novidades. A partir deste ano, será dividido em quatrocategorias: Alunos do ensino médio, Universitários, participantes de ONGs, Pontos de Cultura e Cineclubes, e categoria Livre, voltada para os realizadores independentes. No total, serão premiados oito vídeos, sendo dois por categoria, além das instituições de ensino vinculadas aos vencedores (com exceção da categoria Livre) também serão premiadas.

São R$ 100 mil reais em prêmios, distribuídos em barras de ouro, equipamentos de gravação e edição e cursos de linguagem audiovisual. Os interessados podem inscrever seus vídeos com duração entre 30 e 90 segundos feitos utilizando celulares, webcams, câmeras fotográficas digitais ou outros dispositivos móveis até o dia 17 de junho. Mais informações no site www.clarocurtas.com.br.

AGENDA

SANTO ANTÔNIO DE JESUS

28 e 29 de maio: Oficina LABORATÓRIO para Realizadores Audiovisuais
Horário: das 8h às 19h
Local: UNEB Campus V
Endereço: LoteamentoJardim Bahia, s/n – Centro

ILHÉUS

31/05 e 01/06: Oficina LABORATÓRIO para Realizadores Audiovisuais
Horário: das 8h às 19h
Local: Fundação Cultural de Ilhéus
Endereço: Rua Jorge Amado, 21 – Centro

Sobre o Instituto Claro

Criado em março de 2009, tem como missão estimular a discussão e o desenvolvimento de iniciativas educacionais inovadoras e lúdicas, por meio das novas tecnologias de informação e comunicação. O Instituto Claro apoia a revisão, o debate e a inovação das práticas de ensino, compatíveis com a realidade e demandas atuais da sociedade. Além disso, o Instituto trabalha em todos os seus projetos a questão do empreendedorismo social, promovendo a transformação de idéias em oportunidades para a aprendizagem e para o desenvolvimento comunitário. Atualmente, entre os principais projetos do Instituto Claro estão: o Festival Nacional de Curtíssima Metragem – Claro Curtas, o Prêmio do Instituto Claro, o Programa de Doação ao FIA (Fundo da Infância e da Adolescência), o Claro Recicla e o Programa Voluntários em Ação.

Mais informações: www.claro.com.br/imprensa

*Com informações: Sérgio Jones

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109903 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]