Novos equipamentos chegam aos Centros Digitais da Bahia

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Todos os 367 Centros Digitais de Cidadania (CDCs) da primeira fase, implantados na Bahia, receberão, até o fim deste ano, novos equipamentos. A troca das máquinas obsoletas foi iniciada esta semana, na Região Metropolitana de Salvador (RMS), e de forma gradativa atingirá os 286 municípios, onde os centros funcionam.

Além de um kit com 10 terminais e um servidor configurado para substituir os computadores em uso há mais de cinco anos serão entregues ainda um roteador wireless e uma impressora, mobiliário e até projetor multimídia. Cada um deles terá também duas bolsas de 12 meses para os monitores que atendem à comunidade.

Outra novidade é que 576 CDCs da terceira e quarta fases, que têm problemas de conexão com a internet, principalmente associações de bairros e sindicatos, receberão antenas Gesac – sistema de transmissão de dados via satélite. Além disso, 2.046 monitores serão contemplados com bolsas durante um ano. Todas as ações são voltadas à ampliação ou fortalecimento da rede de inclusão sociodigital.

A instalação das antenas Gesac começou em 76 centros no interior do estado, atingindo 52 municípios. A previsão é que até dezembro deste ano todas as antenas estejam permitindo um melhor acesso à internet para os usuários dos CDCs.

Comemoração

No município de Coaraci, o Centro, que funciona na sede Associação de Moradores do Alto da Colina, comemora a chegada da antena. Segundo Ricardo Oliveira, gestor do CDC, “a internet era de um provedor local, bastante lenta. Chegamos a ficar semanas sem acesso. Com a antena nova, instalada em fevereiro deste ano, temos internet todo dia e com acesso mais rápido. Por conta disso, já sentimos uma aumento grande da utilização do centro, principalmente por parte dos alunos das escolas”.

Em Utinga, a antena instalada em janeiro, no Projeto Social Não Sei Mais Quero, garante acesso contínuo à internet. O projeto que há 10 anos trabalha com adolescentes na faixa etária entre 12 a 25 anos, ministrando aulas de carpintaria, corte e costura, bordados, complementa a capacitação dos seus 65 alunos com a utilização do CDC, especialmente com as aulas iniciação a informática.

O gestor e monitor, José Dantas, afirma que antes da antena, chegavam “a trocar duas vezes de provedor. Além de velocidade, essa internet não cai como as outras”.

O programa Telecentros.BR é uma ação transversal do governo federal que envolve os Ministérios do Planejamento, da Ciência e Tecnologia e das Comunicações, e ainda parceiros regionais. Na Bahia, o programa é coordenado pela Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti).

O secretário Paulo Câmera explica que todas estas ações fazem parte do novo modelo de gestão para os CDCs, no qual inclui a melhoria da infraestrutura e inclusão de novos conteúdos para as comunidades. “Estamos trabalhando em conteúdos que promovam a capacitação de mão de obra via web. Os centros também disponibilizarão aulas para eletricistas, encanadores, pintores, além de ampliar os serviços do governo via internet para facilitar a vida dos usuários. Outra proposta nossa é incluir nos CDCs nas campanhas de mobilização da comunidade para prevenção às doenças e uso de drogas”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123188 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.