Estado da Bahia conclui negociação com movimento de resistência camponesa

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O Governo da Bahia fechou durante reunião, nesta quarta-feira (18/05/2011), a negociação com o Movimento de Resistência Camponesa (MRC), que há cerca de um mês vem discutindo, com setores de várias secretarias e órgãos estaduais, uma pauta contendo aproximadamente 40 reivindicações. O encontro aconteceu na Fundação Luís Eduardo Magalhães (Flem).

As negociações foram conduzidas pelo secretário de Relações Institucionais, Paulo Cezar Lisboa, e pelo secretário de Agricultura, Eduardo Salles, juntamente com representantes da Superintendência de Agricultura Familiar (Suaf), Coordenação de Desenvolvimento Agrário (CDA), entre outros órgãos estaduais. Ao final, quase todos os pleitos foram atendidos, e algumas pendências encaminhadas para complementações técnica e jurídica em setores específicos.

Entre as solicitações atendidas constam fornecimento de oito mil mudas de fruteiras e essências florestais, seis mil quilos de semente de feijão e milho, construção de unidades de beneficiamento de mel, pelo menos, em dois municípios do interior, e construção de três casas de farinha nas cidades de Saubara, Maragogipe e Belmonte.

Também foi viabilizada uma parceria com a Universidade do Estado da Bahia (Uneb) para cursos de vestibular e línguas nos assentamentos, além de inclusão dos trabalhadores no programa Nossa Sopa.

Segundo o secretário Cezar Lisboa, as reuniões já vinham acontecendo setorialmente há quase um mês, o que facilitou o atendimento dos pleitos trazidos pelos representantes do movimento. O MRC agrega 18 mil famílias de pequenos agricultores de 45 acampamentos em 36 municípios baianos.

*Com informação: Sérgio Jones

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112678 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]