Especialistas discutem novas técnicas de prevenção do Papilomavírus Humano (HPV) em Salvador

Com aproximadamente 500 mil casos no mundo, o câncer de colo de útero é a segunda maior causa de morte em mulheres, superado apenas pelo câncer de mama. O Papilomavírus Humano (HPV), transmitido sexualmente, é responsável por mais de 90% dos casos da doença.

Com o objetivo de apresentar a ginecologistas, urologistas, proctologistas, patologistas e otorrinolaringologistas as novas tecnologias de detecção do vírus HPV, o Laboratório Silvany Studart (LSS) realiza na próxima sexta-feira (13/05/2011), às 19 h, no auditório Adélia Carvalho, do Hospital Português, o seminário “Apresentação das novas técnicas de prevenção e detecção do Papilomavírus Humano”.

A primeira palestra terá o tema “Uso de testes moleculares no diagnóstico e seguimento do paciente com HPV” e será apresentada pelo professor colaborador do Instituto de Medicina Tropical da Universidade de São Paulo e responsável pelo Centro de Imunologia e Imunogenética, doutor José Eduardo Levi. Ele abordará as inovações dos testes moleculares para detecção e genotipagem do HPV, com foco no PapilloCheck, uma tecnologia recente, capaz de identificar 24 genótipos de HPV.

O LSS é o primeiro laboratório baiano a adotar a nova tecnologia – Para a coordenadora do setor de Biologia Molecular do LSS, Doutora Karina Serravalle, o PapilloCheck é um dos exames mais eficientes na detecção do vírus HPV. “De forma pioneira, o LSS está trazendo para a Bahia, o PapilloCheck, um método que utiliza “primers” padronizados que detectam e identificam, simultaneamente, 24 tipos do HPV, auxiliando no monitoramento de infecções agudas, persistentes e múltiplas. Este exame possui sensibilidade clínica de 98%. A leitura automatizada é feita através de feixes de laser do chip de DNA, impedindo interpretações subjetivas ou resultados falsos negativos”, destaca.

A professora de Patologia e Biologia Celular da Faculdade de Medicina de Jefferson, na Filadélfia, doutora Marluce Bibbo, ministrará a palestra “Citologia em Meio Líquido”. Nesta palestra será apresentado o Thin Prep Pap Test, um teste citológico em meio líquido, já utilizado por 90% dos laboratórios de Anatomia Patológica dos Estados Unidos, cujo principal objetivo é a detecção do câncer cervical uterino e respectivos precursores, bem como outras alterações citológicas. De acordo com a doutora Conceição Queiroz, coordenadora do setor de citopatologia do LSS, esse sistema foi o primeiro método de citologia de base líquida aprovado pelo Food and Drug Administration (FDA), como alternativa mais eficaz ao exame de Papanicolau convencional. O LSS é o pioneiro no uso dessa técnica na Bahia.

Diagnóstico precoce – Dados do Ministério da Saúde afirmam que de 50% a 80% das mulheres sexualmente ativas serão infectadas em algum momento da vida por um ou mais tipos de HPV. “Existem mais de 100 tipos de HPV, dos quais, cerca de 40, infectam a área ano-genital e são responsáveis pelo desenvolvimento de lesões que, se não tratadas a tempo, podem evoluir para câncer de colo de útero, pênis, ânus, dentre outros. O diagnóstico precoce é a melhor forma de evitar o desenvolvimento do câncer”, afirma Doutor Eduardo Studart, diretor médico do LSS.

Sobre o Laboratório Silvany Studart

O LSS oferece diagnóstico anátomo-patológico para exames de biópsias, peças cirúrgicas, imuno-histoquímica, citopatologia, congelação e genotipagem simultânea de 24 genótipos diferentes de HPV. Conta com uma equipe de profissionais especializados e utiliza tecnologia avançada para assegurar uma elevada precisão diagnóstica.

Promove o apoio diagnóstico, com o objetivo de contribuir para a melhoria da qualidade de vida dos pacientes. Os serviços do LSS se alicerçam na qualidade, excelência e inovação contínua da tecnologia e da ciência, relacionadas com a Anatomia Patológica.

Parceria com o Hospital Português

O LSS foi criado em 1955, através da sociedade dos Drs. Annibal Silvany Filho e Jorge Fernando Pereira Studart. Em 1958, a convite do Hospital Português, o laboratório iniciou suas atividades nas dependências do mesmo. Na última década o LSS tem investido em modernização e ampliado seu quadro técnico, através da incorporação de novos médicos patologistas, que somam conhecimentos aos sócios fundadores.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111058 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]