Durante o Seminário sobre o Pré-Sal, Marcelino Galo diz que recursos do petróleo devem alavancar desenvolvimento social

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Na abertura do Seminário do Pré-Sal, realizado pelo Centro de Assessoria do Assuruá (CAA) e patrocinado pela Petrobras, na manhã dessa segunda-feira (16/05/2011), no Hotel Villamar em Salvador, o deputado estadual Marcelino Galo (PT) explanou e debateu a importância de direcionar os recursos do pré-sal para investimentos em áreas como a educação, saúde e políticas públicas que avancem o desenvolvimento social do país.

O evento, que vai até amanhã, terça-feira (17/05), recebeu cerca de 500 pessoas que acompanharam as palestras dos técnicos da Petrobras e de economistas que mostraram dados de consumo do petróleo no mundo, apresentando inclusive os países que mais produzem e mais consomem essa matriz energética.

Seguindo o tema “As Riquezas Brasileiras do Pré-Sal, As Alternativas para o Desenvolvimento Social e Fortalecimento dos Mecanismos de Proteção Ambiental”, o parlamentar destacou a fala do palestrante Henrique Jäger, que é economista do Diesse e assessor da Federação Única dos Petroleiros (FUP). Galo disse que os recursos do pré-sal devem ser direcionados para o desenvolvimento social e combate à pobreza no país.

“Na apresentação do economista, podemos perceber que os países tidos como ricos produzem pouco ou quase nada de petróleo, porém são os que mais consomem energia. Já os país que mais produzem petróleo no mundo sofrem com a pobreza e com a falta de políticas públicas que minimizem essa realidade. Por isso, acredito que os recursos do pré-sal serão importantes para que o Brasil desenvolva maiores ações de inclusão e desenvolvimento social”, declara Marcelino Galo. Ele ainda avalia que o assunto não deve fugir dos debates na sociedade e que a mesma “deve ter o controle dessa discussão para rompermos o ciclo econômico da pobreza e investirmos em setores estruturantes”.

Mais debates

Outros assuntos ainda serão debatidos no seminário nesses dois dias de atividades. Entre eles estão os impactos ambientais, os benefícios econômicos, a aplicação dos recursos oriundos do reservatório, as perspectivas para o Desenvolvimento Brasileiro, a exploração de petróleo e a questão ambiental e alternativas para aplicação social das riquezas do pré-sal.

A mesa de debates foi formada também pelos secretários estaduais de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza (Sedes), Carlos Brasileiro, de Meio Ambiente e Recursos Hídricos, Eugênio Spengler, da Casa Civil, Eva Chiavon, deputado estadual Rosemberg Pinto (PT) e gerente da Petrobras, Antonio José Rivas.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109891 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]