Dilma recebeu dossiê sobre contaminação por chumbo em Santo Amaro

Dilma recebeu dossiê sobre contaminação por chumbo em Santo Amaro
Dilma recebeu dossiê sobre contaminação por chumbo em Santo Amaro

Dilma recebeu dossiê sobre contaminação por chumbo em Santo Amaro

Os senadores Walter Pinheiro (PT-BA) e Paulo Paim entregaram hoje (26/05/2011) para a presidenta Dilma Rousseff um dossiê sobre a contaminação por chumbo em Santo Amaro. A entrega do documento ocorreu durante um almoço no Palácio da Alvorada, logo após uma audiência pública que debateu o tema na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa (CDH) do Senado. O assunto agora deverá ser acompanhado pelo secretário-geral da presidência, Gilberto Carvalho.

Durante a audiência no Senado, Pinheiro defendeu um “tratamento de choque” a ser conduzido pelo governo federal para resolver os efeitos da contaminação por chumbo na cidade baiana. Segundo o parlamentar, nem o estado da Bahia nem o município teriam condições de resolver o problema.

O dossiê traz informações detalhadas sobre a tragédia ambiental que afeta as condições de existência de centenas de moradores da cidade, localizada no Recôncavo Baiano. O senador defendeu ainda ações articuladas do governo federal em quatro frentes: saúde, ambiental, infraestrutura e trabalhista. Segundo Pinheiro, o Ministério da Saúde tem que assumir o tratamento das pessoas contaminadas por chumbo como uma tarefa específica. No caso da questão estrutural, o parlamentar observou que a cidade está contaminada em diferentes localidades – ruas, escolas e até mesmo nas residências.

Cidade mais poluída por chumbo no mundo

Santo Amaro é considerada a cidade mais poluída por chumbo no mundo, de acordo com estudos da Universidade Federal da Bahia (Ufba) e outras instituições. Por mais de três décadas, a Companhia Brasileira de Chumbo (Cobrac) despejou na cidade 490 mil toneladas de rejeitos contaminados por esse e outros metais perigosos (cádmio, mercúrio e outros). O chumbo é associado ao saturnismo, doença que afina braços, provoca dores agudas por todo o corpo, causa impotência sexual nos homens, além de aborto nas mulheres ou malformações severas nos filhos nascidos. Desativada em 1993, a fábrica deixou um histórico de poluição e doença ainda sem o devido enfrentamento, como ficou patente nos depoimentos de diversos expositores.

Um “PAC pela vida”

Pinheiro foi o propositor da audiência, junto com os colegas da bancada da Bahia, Lídice da Mata (PSB) e João Durval (PDR). Além da entrega do dossiê a Dilma, ele defendeu ainda um debate com o “núcleo central” do governo diante da magnitude dos problemas que precisam ser enfrentados. Sugeriu para o caso um “PAC pela vida”, numa alusão ao Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), que destaca os investimentos federais em infraestrutura. Depois, em entrevista, ele citou estudos que indicam a necessidade imediata de destinar cerca de R$ 300 milhões para as ações de descontaminação da cidade, atendimento em saúde, indenizações e aposentadorias especiais, entre outras.

O dossiê entregue à presidente Dilma inclui vídeo com imagens de pessoas acamadas e de recém-nascidos com graves deformações físicas. O senador Paim chegou a dizer que, em seus 65 anos de vida, nunca viu nada semelhante. Pinheiro admitiu ter sido impactado pela contundência das imagens e que, por isso, evitou acompanhar todos os slides. “São imagens que não dá para esquecer. Imaginem a situação de quem tem que lidar com isso no seu próprio corpo”, exclamou.

*Com informação: Sérgio Jones

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]