Deputado Carlos Geilson: Em um regime capitalista onde a corrupção impera, você compra deputados e faz uma base

Deputado Carlos Geilson: Quero me solidarizar com o deputado Reynaldo Braga pelas agressões gratuitas desferidas pelo líder do PT. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Grande Bahia. Com. Br
Deputado Carlos Geilson: Quero me solidarizar com o deputado Reynaldo Braga pelas agressões gratuitas desferidas pelo líder do PT. Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Grande Bahia. Com. Br
Deputado Carlos Geilson: Quero me solidarizar com o deputado Reynaldo Braga pelas agressões gratuitas desferidas pelo líder do PT.   Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Grande Bahia. Com. Br
Deputado Carlos Geilson: Quero me solidarizar com o deputado Reynaldo Braga pelas agressões gratuitas desferidas pelo líder do PT.
Foto: Carlos Augusto | Guto Jads | Jornal Grande Bahia. Com. Br

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) afirmou hoje que, diante das declarações do petista Yulo Oiticica, líder do PT na Casa, ao jornal Tribuna da Bahia, ele está convencido de que o seu partido deve mesmo manter uma postura independente do governo Jaques Wagner. “Eu não teria o desplante de ler que o deputado Yulo Oiticica, ao ser questionado se a base do governo está inflada, ele responde afirmativamente e que tudo tem o seu preço.

Em um regime capitalista onde a corrupção impera, você compra deputados e faz uma base. Eu me respeito. Não vou chegar a esta Casa, migrar para o governo e ser taxado como deputado comprado. Que satisfação daria a minha família e aos meus eleitores. Isso é um acinte contra os deputados  que estão migrando para o governo. Eles estão migrando para o governo porque foram comprados?”, questionou o parlamentar.

Carlos Geilson também repudiou a agressão contra o deputado Reynaldo Braga (DEM), líder da Oposição na Casa: “Ele é vítima de uma agressão gratuita por parte do líder do PT, quando foi questionado se o deputado Reynaldo Braga defender o governo não contradiz com o fato dele ser líder da Oposição, ao que Yulo Oiticica diz que ‘quem sempre viveu das benesses do poder e passa a ser oposição é uma coisa difícil. Isso essa turma não aprendeu a viver a pão e água e ter resistência para fazer o enfrentamento. Isso, de fato, eles não estão acostumados”, disse o deputado.

“Quero me solidarizar com o deputado Reynaldo Braga pelas agressões gratuitas desferidas pelo líder do PT. Pelo pouco tempo que tenho nesta Casa, pela maneira cordial e sensata que o deputado Reynaldo Braga procede, ele é eivado de todas as condições para estar à frente da Oposição. Deveriam respeitar os mandatos que o deputado tem. Se hoje o deputado está na Oposição é uma questão transitória. Quem está no governo hoje pode ser oposição amanhã e vice-versa”, enfatizou.

Carlos Geilson protestou ainda contra as declarações de que o deputado Marcelo Nilo é ávido por cargos.  “Ele diz que Marcelo Nilo é esfomeado, ele não consegue saciar a fome por cargos. Não tenho procuração para defendê-lo. Mas a relação que tenho com ele é suficiente para defendê-lo e prestar solidariedade, porque sei que pelo tempo que tem na política sei que foi um baluarte em defesa das instituições democráticas e que muitas vezes carregou o governo Jaques Wagner nas costas. Ele está no terceiro mandato à frente da presidência deste Poder e chegará ao quarto.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111075 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]