Até 2025, Brasil será um dos maiores motores do crescimento global

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Até 2025, Brasil será um dos maiores motores do crescimento global
Até 2025, Brasil será um dos maiores motores do crescimento global
Até 2025, Brasil será um dos maiores motores do crescimento global
Até 2025, Brasil será um dos maiores motores do crescimento global

País estará ao lado de outros emergentes como China, Rússia, Indonésia, Índia e Coreia do Sul, segundo previsão do Banco Mundial.

O Brasil será um dos seis países emergentes a mover mais da metade do crescimento global até 2025. A previsão é parte de um estudo, publicado no início desta semana, em Washington, pelo Banco Mundial.

Moeda Única

Os outros cinco mercados são: China, Índia, Indonésia, Coreia do Sul e Rússia. Para o órgão, até 2025, o sistema monetário internacional também deixará de ser dominado por uma moeda única.

O relatório “Horizontes de Desenvolvimento Global 2011, Multipolaridade” afirma que as economias emergentes devem crescer, em média, 4,7% entre este ano e 2025. Já os países desenvolvidos não ultrapassarão os níveis de 2% embora permaneçam relevantes.

Investimentos

Os economistas do Banco Mundial acreditam que a zona do euro, o Japão, os Estados Unidos e a Grã-Bretanha seguirão desempenhando um papel central no crescimento global.

O economista-chefe do órgão, Yifu Lin, disse que os mercados emergentes se tornaram uma força na reformulação da indústria global principalmente por causa da expansão rápida de investimentos no eixo Sul-Sul.

Para Lin, as organizações internacionais precisam se adaptar ao novo cenário.

Educação no Brasil

O relatório destacou também a diversidade de economias emergentes que dependem, fortemente, de exportações como a China, e ressaltou que o país, ao lado da Indonésia, da Rússia e da Índia, enfrenta desafios institucionais e de governança.

Para o Banco Mundial, o capital humano e a garantia do acesso à educação representam uma preocupação principalmente no Brasil, na Índia e na Indonésia.

O relatório alerta que a maioria dos países em desenvolvimento, especialmente os mais pobres, continuará a usar moedas estrangeiras em suas transações com o resto do mundo. E por isso, ficarão expostos às flutuações do câmbio.

*Com informações: Mônica Villela Grayley | Rádio ONU em Nova York.

 

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 121593 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.