Ano internacional da Química é lançado na Bahia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Instituído para celebrar as grandes realizações na área e realçar as contribuições para o bem-estar da humanidade, o Ano Internacional da Química foi lançado na Bahia, nesta sexta (13/05/2011), no Instituto Anísio Teixeira (IAT), com transmissão por videoconferência para as 16 salas do interior.

Durante o evento, o secretário estadual da Educação, Osvaldo Barreto, recebeu do secretário regional da Sociedade Brasileira de Química e professor da Universidade Federal da Bahia (Ufba), Wilson Araújo Lopes, um kit de medição do pH a ser utilizado pelos estudantes da rede estadual em aulas práticas para verificar a qualidade da água.

A ação é uma parceria da Secretaria da Educação do Estado da Bahia (SEC) com o Instituto de Química da Ufba e será desenvolvida em todas as escolas da rede. A atividade está relacionada com a iniciativa da Organização das Nações Unidas (Unesco) e União Internacional da Química Pura e Aplicada (Iupac), que escolheram 2011 como o Ano Internacional da Química – representando o centenário de concessão do Prêmio Nobel de Química a Marie Curie (1867-1934), pelas suas contribuições na área.

“Quando os professores da Ufba nos procuraram, coloquei um condicionante, que esse experimento fosse levado a todas as escolas da rede estadual. Temos que resgatar a escola pública e isso se dará por meio do desenvolvimento de conteúdos científicos, a partir da mobilização de toda a sociedade, em especial a comunidade acadêmica, como está fazendo, agora, o Instituto de Química da Ufba”, disse o secretário.

Objetivo do experimento

Segundo o professor Wilson Araújo Lopes, o objetivo do experimento é despertar nos alunos o interesse pela ciência, especialmente em relação à Química, à questão da sustentabilidade e preservação do planeta, o que passa pelo cuidado com a água. “A Química está presente na vida humana. O nosso corpo é pura química. Nossa vida emana dessas moléculas que estão organizadas num organismo vivo”.

O kit simbólico recebido pelo secretário foi repassado à vice-diretora da Escola Aplicação Anísio Teixeira, Ângela Veiga Meireles, representando as escolas estaduais. “Com certeza, iremos ampliar esse experimento porque queremos nossos alquimistas espalhados, construindo a ciência”.

Durante o evento foi exibido o vídeo da coleta e medição do pH da água, realizado no Dique do Tororó e Forte de São Marcelo, com alunos da Escola Aplicação – IAT. “O ano de 2011 é de festa para a Química. Ao redor do mundo, as pessoas estão comemorando com discussões e ações. Lançamos na Bahia o desafio de colocar nossas escolas públicas estaduais no mapa mundial, ao lado das que estão integradas nessa ação”, disse o professor do Instituto de Química, Maurício Moraes Victor, que falou a respeito da experiência global sobre o pH do planeta.

“É um momento ímpar porque foi a universidade que nos procurou, e o secretário disse sim à causa. Fico emocionada em ver as universidades se juntarem a nós e abraçar essas escolas”, afirmou a diretora do IAT, Irene Cazorla. A reitora da Ufba, Dora Leal Rosa, presente também ao lançamento do Ano Internacional da Química, acredita que os esforços sinalizam a preocupação da universidade com o aprimoramento da educação básica no estado.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9382 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).