Aleluia | Brasileiros pagarão energia mais cara para Dilma agradar Paraguai

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
“A conta da demagogia do governo Dilma Rousseff vai direto na veia do consumidor e do contribuinte brasileiros. É mais uma prática danosa aos interesses nacionais cometida pela administração petista. O curioso é que até hoje flagelados das catástrofes em Santa Catarina, Alagoas, Pernambuco, Rio de Janeiro e Bahia aguardam a ajuda anunciada pelo governo federal.

Muitas famílias permanecem em albergues e escolas… Enquanto isso, o governo está sempre mobilizado para contemplar com recursos do contribuinte brasileiro aliados externos, cuja postura ética e administrativa são contestáveis”, afirma o presidente regional do Democratas na Bahia, José Carlos Aleluia, ao criticar a mudança no Tratado de Itaipu, que elevará o valor de US$ 120 milhões pagos anualmente pelo governo brasileiro ao Paraguai para próximo de US$ 360 milhões.

O Senado aprovou ontem o acordo entre Brasil e Paraguai que triplica o valor pago pelo governo brasileiro ao país vizinho pela energia da hidrelétrica da usina de Itaipu não utilizada pelos paraguaios. O projeto amplia os valores que estão estabelecidos no Tratado de Itaipu, firmado pelos dois países nos anos 70.

Com a mudança, o Brasil vai elevar de 5,1 para 15,3 o fator de multiplicação aplicado aos valores estabelecidos no Tratado de Itaipu para os pagamentos por cessão de energia não utilizada no Paraguai.

Na prática, a mudança de cálculo multiplica por três o valor gasto pelo governo brasileiro para financiar a energia produzida em Itaipu. “Isso é uma imoralidade. Com maioria folgada no Senado, o governo aprova em três semanas de ´discussão` um crime contra o país. Vale lembrar que o Tratado de Itaipu passou dois anos sendo debatido na Câmara dos Deputados, porque a mudança no contrato atenta contra os interesses nacionais”, diz Aleluia.

A aprovação ocorre quatro dias antes de a presidente Dilma Rousseff realizar visita oficial ao Paraguai. Por pressão do Palácio do Planalto, líderes governistas se articularam para aprovar o projeto a tempo de Dilma levar a “boa notícia” ao presidente paraguaio, o ex-bispo Fernando Lugo.

“Aí está! Dilma vai encontrar o notório bispo paraguaio e anunciar o saque no bolso do consumidor e contribuinte brasileiros para que o aliado faça a festa. No Brasil, as estradas, a saúde, a educação, a segurança aguardam que Dilma e seu governo tenham a mesma atenção destinada aos parceiros externos”, finalizou Aleluia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114919 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.