Coluna de Antônio José Larangeira de 16 de abril de 2011

Antônio José Larangeira.
Antônio José Larangeira.

UEFS Cidadã

A Universidade Estadual de Feira de Santana, através do Colegiado de Ciências Contábeis, deu início na quarta-feira (13/04/2011) ao Projeto Uefs Cidadã. O objetivo é oferecer o serviço gratuito de preenchimento e envio para a Receita Federal da declaração do imposto de renda beneficiando pessoas da comunidade, além de despertar a cidadania nos estudantes de Contabilidade que participam da ação. Segundo a coordenadora do projeto, Tânia Cristina Azevedo, “a Uefs deve desempenhar seu papel social com a comunidade e este projeto é uma forma de devolver um pouco do que é investido na academia”. O projeto será desenvolvido até 27 de abril, data que antecede a Micareta de Feira de Santana.

Diplomata feirense

Estará sendo apresentada no Itamarati, quarta feira próxima, em Brasilia, a nova turma de diplomatas do Instituto Rio Branco e possivelmente com a presença da presidente da República Dilma Roussef. Entre os que estão se formando em diplomacia está a feirense Larissa Maria Lima Costa, filha dos médicos Wagner Costa e Jucinalva Costa.

Passagem cara

Em audiência pública realizada na Câmara Municipal, presidida pelo vereador Marialvo Barreto,  o chefe da Agerba em Feira de Santana e professor da Uefs  Rosevaldo Ferreira da Silva, na qualidade de principal palestrante declarou que de acordo com levantamento feito por ele, o usuário local de transporte urbano paga a segunda passagem mais cara do Nordeste, perdendo apenas para Salvador. Exemplificou  Aracaju, João Pessoa, São Luiz e Maceió, todas com passagem custando R$ 2,10, e Fortaleza (R$ 1,80). “Note-se que são capitais, com fluxo turístico, que conseguem ter uma passagem menor que Feira”, afirmou.

Transbordos

Chamando os transbordos da cidade de engodo, o deputado estadual Zé Neto disse que hoje na cidade de Feira de Santana existem menos ônibus do que há dois anos. “Um percurso que antes era feito em 50 minutos, as pessoas não conseguem fazer em menos de uma hora e vinte minutos”, comparou. Segundo o deputado, o Conselho Municipal de Transporte não tem legitimidade para discutir os aumentos com a população. “Temos que discutir custos com as planilhas na mão e com técnicas apuradas”, frisou Zé Neto, lamentando que não se tenha investido mais nos transportes alternativos. ( Blog Jair Onofre).

Esta coluna é publicada nos sítios jornalísticos: 

Jornal Grande Bahia,

Tribuna da Bahia e

Notícias da Bahia

Antonio José Larangeira
Sobre Antonio José Larangeira 3040 Artigos
Antonio José Larangeira nasceu em 11 de janeiro de 1945, é natural de Santo Amaro da Purificação (BA), é formado em Administração, pela Faculdade Anísio Teixeira (FAT). Atua como jornalista profissional, com registro nº 514 (SINJORBA/FENAJ) e publica coluna diária nos jornais Grande Bahia, Pátria Latina e Tribuna da Bahia. E-mail: [email protected]