Paris admite que há riscos de estagnação da coalizão na Líbia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O ministro das Relações Exteriores, Alain Juppé, admitiu nesta quarta-feira que a intervenção militar da coalizão internacional na Líbia está agora “mais difícil” pelas condições da luta entre os rebeldes e as forças de Muammar Kadafi, e por isso “há risco de estagnação”.

“No terreno, a situação militar é confusa e indecisa”, assinalou Juppé em entrevista à emissora de rádio “France Info”, embora tenha ressaltado que desde o início das operações militares “as coisas evoluíram, porque o essencial dos aviões, dos helicópteros e dos canhões foi destruído”.
O ministro constatou que agora as tropas do líder líbio atuam com caminhonetes e jipes, alvos mais difíceis de atingir a partir dos aviões.

Questionado sobre os combates na cidade de Misrata, onde os rebeldes denunciaram massacres e pediram apoio à Aliança Atlântica, o chefe da diplomacia francesa afirmou que “é uma situação que não pode durar” e que nas próximas horas tratará da questão com o secretário-geral da Otan, Anders Fogh Rasmussen.

Embora tenha assegurado que “apoiamos com todas as nossas forças o Conselho Nacional de Transição da Líbia (CNT)”, acrescentou que “tem de organizar-se, porque nós não estamos lá para a reconquista do território”.

*Com informações de Deutsche Welle.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108614 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]