Morre o ex-governador do Maranhão Jackson Lago

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
São Paulo – Morreu na noite de hoje (04/04/2011), em São Paulo, com 76 anos, o ex-governador do Maranhão Jackson Lago. Segundo nota divulgada pelo PDT, partido de Lago, ele estava internado desde o último dia 30 na unidade de terapia intensiva do Hospital do Coração, na capital paulista.
Corpo de Jackson Lago será velado em São Luís
Brasília – O corpo do ex-governador do Maranhão Jackson Lago será velado amanhã (5) na sede do Partido Democrático Trabalhista (PDT) em São Luis. Lago morreu no fim da tarde desta segunda-feira (4) por falência múltipla dos órgãos. De acordo com a assessoria do Hospital do Coração (Hcor), em São Paulo, onde ele estava internado desde o último dia 30 para tratamento de miocardite (inflamação do músculo cardíaco), Lago fazia tratamento quimioterápico para combater um câncer de próstata, contra o qual lutava há três anos.
Jackson Kléper Lago era médico de formação, mas fez carreira na política. Foi prefeito de São Luís por três mandatos (1989-1992, 1997-2000 e 2001-2002). Candidatou-se ao governo do Maranhão três vezes, porém só conseguiu ser eleger em 2006, após derrotar Roseana Sarney (PMDB).
Lago passou apenas dois anos à frente do governo do Maranhão. Foi cassado pela Justiça Eleitoral em 2009, por abuso de poder político no pleito de 2006. Na última eleição, ano passado, disputou novamente o governo, mas ficou em terceiro lugar.
A governadora Roseana Sarney decretou luto oficial de três dias no estado. Em nota oficial, ela lamentou a morte de Lago. “Fomos adversários nas últimas eleições, mas nunca inimigos e por ele sempre tive um profundo respeito. O Maranhão perdeu uma figura expressiva do seu mundo político, que nos deixará um vazio”.
Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106592 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]