Vereador Frei Cal destaca campanha pelo desarmamento e Micareta 2011 de Feira e Santana

O vereador Carlos Alberto Costa da Rocha – Frei Cal (PMDB) alertou na sessão da Casa da Cidadania, nesta quarta-feira (27/04/2011), sobre a importância da Campanha do Desarmamento na Micareta de Feira de Santana. Durante o evento, serão distribuído panfletos entre os foliões e fixados cartazes e banners em barracas, trios elétricos e camarotes.

Diante da violência que vem ocorrendo em todo o país, Frei Cal chamou a atenção para que a Campanha do Desarmamento esteja ativa nos “quatro cantos da cidade”. Ele relembrou que esta ação já ocorreu em alguns bairros com efeitos positivos.

“É importante que continue, e que a própria Prefeitura Municipal faça uma Campanha mais reforçada, convocando a imprensa, para que crie uma motivação maior e colabore mais com esse processo”, declarou Frei Cal, enfatizando a importância da Campanha do Desarmamento e a conscientização em prol de uma Cultura da Paz.

Os foliões que desejarem aderir à Campanha podem entregar suas armas em pleno circuito da folia. O Governo Municipal está promovendo esta ação através da Secretaria de Prevenção a Violência.

Vereadores rebatem declaração do senador João Durval Carneiro

O legislador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM), na sessão legislativa desta quarta-feira (27), lamentou a declaração do senador João Durval Carneiro (PDT), publicada no Blog do Jair Onofre, onde o membro do Senado, disse ser contra a construção de um aeroporto de passageiros no município, justificando que seria um projeto desnecessário, devido à proximidade de Feira de Santana com Salvador.

O edil estranhou a declaração do senador, uma vez que o aeroporto local leva o nome do próprio senador foi construído na época em que este era governador do estado da Bahia. “Enquanto os vereadores, deputados, a imprensa e a população estão lutando pela construção do aeroporto, o senador João Durval Carneiro é contra e ainda quer que a cidade fique submissa ao aeroporto de passageiros da capital. Quero lamentar que o filho de Feira de Santana é contra o progresso e o desenvolvimento desta terra”, declarou.

O vereador Roque Pereira (PTdoB) afirmou ter admiração e respeito por João Durval, porém salientou que a declaração do senador foi um equívoco. O edil argumentou que a região de Feira de Santana vende mais passagem aérea do que a região metropolitana de Salvador. Disse ainda que a cidade de Campinas, no estado de São Paulo, é bem próxima da capital paulista e que essa proximidade não foi empecilho para que o município do interior tivesse um aeroporto de passageiros. Ele também ressaltou que a capital baiana irá sediar a Copa do Mundo de 2014, mas o Aeroporto Internacional Luís Eduardo Magalhães não suportará a demanda.

Segundo o legislador, até as próprias companhias aéreas já comentaram a respeito desse assunto. “Portanto, o Aeroporto de Feira de Santana tem viabilidade”, disse Roque, sugerindo a população que perdoe o senador João Durval, “porque ultimamente ele não tem falado coisa com coisa. Recentemente ele apresentou um projeto de lei que sujeita os formandos de todos os cursos universitários, no Brasil, a um exame de proficiência, para ingressar na profissão, igual ao exame da OAB”.

Marialvo Barreto (PT) também defende a existência de um aeroporto de qualidade, em Feira de Santana. Visando um pólo de logística no município, o vereador afirmou que será preciso um porto de cargas, visto que Feira é uma cidade que atrai indústrias. “Aqui também podemos ter um aeroporto muito bom para pequenos vôos regionais. Coloca aqui uma linha, aos sábados e domingos, para as pessoas fazerem turismo em Aracaju, pra ver se não enche. Portanto tem viabilidade sim”, pontuou o petista.

Concordando com o senador, David Neto (PMN) disse que Feira está apenas 108 km do Aeroporto Internacional de Salvador. Para ele, no estado da Bahia há cidades, como por exemplo, Barreiras e Irecê, que necessitam mais do aeroporto do que Feira de Santana. Neto disse ainda que o senador João Durval deve ter motivos suficientes, sobretudo com dados técnicos, para dar essas declarações. Ele acredita que o município precisa de um aeroporto de médio porte e não de grande porte como estão reivindicando. Declarou ainda que “pobre não dispõe de recursos para andar de avião”.

O vereador Ângelo Almeida (PT) informou que, no Brasil, no mês de fevereiro deste ano, pela primeira vez na história do país, as pessoas viajaram mais de avião do que de ônibus. Em consonância com o petista, Roque Pereira lembrou que “viajar hoje de avião é mais barato do que viajar de Itapemirim”.

Petista sugere a presença da tropa do 35º BI no combate a dengue

O vereador Angelo Almeida (PT), na sessão legislativa desta quarta-feira (27), na Casa da Cidadania, disse que apresentou uma indicação ao Executivo, solicitando ao prefeito Tarcízio Pimenta que busque uma parceria com o Batalhão de Infantaria (35º BI) no sentido de viabilizar ações mais contundentes de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor da dengue. O petista defendeu uma ação conjunta com o Exército, argumentando que esta instituição tem dado apoio a diversos municípios do Brasil na guerra contra o mosquito.

Na oportunidade, Angelo afirmou que reconhece os esforços da Prefeitura, mas ressalvou que teve a impressão de que o líder do governo, Maurício Carvalho (PR), não entendeu o motivo da sua indicação, ao informar que o comandante do 35º BI, tenente coronel André Eduardo Bélico, já faz parte do Comitê Gestor de Mobilização de Combate a Dengue.

“Quando a gente pede para que a Prefeitura tome uma atitude de gestão, de procurar o comandante do Exército é para que este coloque as tropas nas ruas e não ficar se reunindo em gabinetes, enfrentando a burocracia das reuniões e planejando estratégias”, declarou Angelo, acrescentando que, em Feira de Santana, é necessário aplicar a cultura de higienização nas residências e estabelecimentos comerciais pelo menos uma vez por semana.

Lulinha critica declarações de presidente da OAB em blog

Durante pronunciamento na Câmara Municipal nesta quarta-feira (27), o vereador Luiz Augusto de Jesus – Lulinha (DEM) criticou comentários do presidente da OAB de Feira de Santana, Osvaldo Torres Neto, veiculada no Blog de Jair Onofre.

Na nota, o presidente da OAB, Osvaldo Torres, disse que a Câmara de Vereadores de Feira de Santana ultimamente tem aprovado um grande número de leis inaplicáveis.

Na opinião do vereador Lulinha, ao invés de estar mandando recados para a Câmara, através do blog, dizendo que na Casa da Cidadania são aprovadas leis inconstitucionais, o presidente da OAB deveria se preocupar com os problemas do Fórum Felinto Bastos – falta de funcionários, filas quilométricas, etc. – para que a população tenha um atendimento de qualidade.

O edil também declarou que o Judiciário, em Feira de Santana, tem embargado leis importantes do Município, como por exemplo, a lei que concede o direito ao transporte coletivo gratuito ao idoso a partir dos 60 anos.

Vereadores lamentam acidente ocorrido com radialista

Durante pronunciamento na Casa da Cidadania, na sessão desta quarta-feira (27), o vereador Carlos Alberto Costa da Rocha – Frei Cal (PMDB) comentou sobre o acidente ocorrido com o radialista Raimundo Souza Santos. Sensibilizado, desejou rápida recuperação ao profissional de imprensa e lamentou o ocorrido.

Raimundo foi atropelado por um veiculo que fazia transporte clandestino de passageiros, mais conhecido como ligeirinho. A informação divulgada na imprensa, é que o motorista invadiu o sinal e atropelou três pessoas. Raimundo ainda encontra-se internado e foi transferido para um hospital de Salvador onde será submetido a uma cirurgia.

O vereador Luis Augusto de Jesus – Lulinha (DEM), também lamentou o acidente com Raimundo que, segundo frisou, foi um dos seus primeiros assessores. Na oportunidade, ele disse que a Câmara votou numa Moção de Pronto Restabelecimento que já deve ter sido encaminhada a família do radialista.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 114865 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.