FHC diz que Lula está mamando na elite e faz desafio para nova eleição

“Ele se esquece de que o derrotei duas vezes. Quem sabe queira uma terceira”

O ex-presidente Fernando Henrique Cardoso disse ontem em São Paulo que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva está “mamando na elite”, em resposta às críticas do petista ao seu artigo publicado na revista “Interesse Nacional”, no qual sugeriu ao PSDB evitar disputar com o PT a influência sobre os “movimentos sociais” ou o “povão” e priorizar a nova classe C.

Fernando Henrique afirmou que Lula não tem moral para criticar as privatizações feitas pelo seu governo porque foi a Londres fazer palestra paga pela Telefonica.

– O Lula, lá de Londres, dizendo a mesma coisa (críticas ao seu artigo). Com que moral? O Lula, que era contra as privatizações, agora está lá falando para a Telefonica, ganhando US$100 mil, e o filho dele é sócio de uma empresa de telefonia… Eram contra a privatização, aderiram totalmente às transformações que nós provocamos e ainda vêm nos criticar e dizer que nós somos a favor da elite contra o povo. Eles estão mamando na elite – disse FH, em entrevista ao programa “Começando o dia”, de Alexandre Machado, na Cultura FM.

Críticas à “pregação da ignorância”

Durante a entrevista, de nove minutos, FH afirmou também que “por razões político-ideológicas” estão afirmando que o PSDB é da elite e o PT é do povo, e “isso não é verdade”.

– Quem começou todos esses programas sociais de bolsa foi meu governo. Então, isso é uma luta político-ideológica – defendeu-se.

O ex-presidente tucano ainda desafiou Lula para uma terceira disputa eleitoral, lembrando que já venceu duas

– O número de manifestações favoráveis que eu recebo ao que eu disse é imenso. O que sai no jornal é outra coisa, são interesses políticos. É o Lula, lá de Londres, refestelado na sua vocação nova, e ainda se dá ao direito de gozar, que eu estudei tanto para ficar contra o povo. Ele se esquece de que eu o derrotei duas vezes. Quem sabe ele queira uma terceira. Eu topo! Acho lamentável que um ex-presidente use essa pregação da ignorância, do não estudo. É patético! – afirmou FH.

Em reunião com parlamentares do PT, Lula não quis rebater as declarações de FH. Seus aliados, no entanto, trataram o assunto com ironia:

– Acho que não teria graça fazer esta eleição – disse o senador Humberto Costa (PE), sobre a proposta de um embate eleitoral entre o tucano e Lula. – Fernando Henrique é passado. Lula ainda é uma coisa extremamente presente – disse Costa.

Já o senador Jorge Viana (AC) disse que o ex-presidente FH “tem muita autoridade para falar sobre a vida do povo brasileiro” e que sua afirmação sobre a vocação do PSDB “expressa a verdade”:

– O PSDB e outros partidos fizeram, desde o início da criação, uma opção que é a de lidar com a elite brasileira. O PT e Lula sempre fizeram outra opção, que é estar junto com o povo – disse o petista.

Os dois senadores participaram da reunião com Lula, ontem à tarde, no Instituto Cidadania, comandado pelo ex-presidente, com o líder do PT na Câmara, Paulo Teixeira (SP), e o presidente interino do partido, o deputado Rui Falcão, entre outros parlamentares. Em pauta, a reforma política. O ex-presidente deverá, segundo Rui Falcão, ser o “catalisador” de um debate sobre as mudanças nas regras políticas e eleitorais.

Esta semana, o ex-presidente Lula reiniciou a sua vida política no Brasil. Além de encampar a reforma política proposta pelo PT, ele participa hoje de uma reunião com os prefeitos petistas de São Paulo. O tema é a eleição municipal do próximo ano.

*Com informações da Agência o globo: Adauri Antunes Barbosa, Flávio Freire e Tatiana Farah

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]