Feira de Ciências da Bahia tem início neste sábado com foco na formação de professores e estudantes

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Formar professores e aumentar o interesse dos estudantes pela pesquisa nas escolas da rede estadual baiana. Estes são os principais objetivos do projeto Feira de Ciências da Bahia, que tem início neste sábado (30/04/20011) em 144 municípios, com a participação de 420 professores. A iniciativa é coordenada pelo Instituto Anísio Teixeira (IAT), centro de formação de professores da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, e faz parte da nova política de formação de docentes, que foca a aprendizagem do aluno e a valorização da escola.

A primeira etapa da Feira de Ciências, que inicia neste sábado, através de videoconferência, diz respeito a um curso de formação para os professores, focado especialmente na elaboração de projetos científicos. A segunda etapa acontece em agosto com a realização de feiras escolares, já com a participação dos estudantes. A terceira e última será realizada em outubro com os 100 melhores trabalhos selecionados, que serão expostos na Feira Estadual de Ciências, ligada à VIII Semana Nacional de Ciência e Tecnologia.

“A Feira de Ciências da Bahia já está articulada com a nossa proposta de formação de professores. Não podemos pensar em cursos sem olhar para o aprendizado da criança, do jovem e do fortalecimento da escola. Além disso, precisamos buscar a interdisciplinaridade nestes cursos. É necessário que o professor trabalhe de forma colaborativa, com propostas metodológicas e agindo como multiplicadores”, disse Irene Cazorla, diretora geral do Instituto Anísio Teixeira.

O modelo de qualificação também pode ser verificado no programa Gestão de Aprendizagem Escolar (Gestar), que foca na formação continuada e atua no cenário da educação baiana atendendo à permanente necessidade de atualização dos professores da rede pública de ensino, nas disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Este ano, o Gestar vai ser ampliado para todas as escolas da rede e o foco passa a ser também o estudante, que vai receber material didático. “Precisamos garantir o direito do jovem de aprender”, ressalta Irene Cazorla.

Cursos – Entre os cursos programados para 2011, estão aqueles voltados especialmente para as disciplinas de Educação Física, Ciências da Natureza, História, Geografia e Currículo e Avaliação, sempre com foco na interdisciplinaridade. A inscrição dos docentes vai acontecer pelo Portal do Educador (www.iat.educacao.ba.gov.br). “Queremos que os nossos professores criem, aos poucos, o próprio material didático, publicando sempre no nosso portal, dando confiança e meios para que eles possam ser autores e multiplicadores”, afirma a diretora do IAT.

Interação – O ensino à distância também está entre as prioridades da Secretaria da Educação. “Tudo isto vai ser possível por meio do nosso portal, que não vai funcionar somente como um ambiente de consulta sem interação. Os professores vão poder mandar sugestões, críticas e outras idéias, para que ele possa sempre dialogar. E, para aquelas localidades mais distantes do Estado, vamos disponibilizar o Ciência Móvel, uma parceria com o ônibus da Uneb que vai percorrer 6 roteiros de 1.500 Km na Bahia, entre julho, agosto e setembro, levando ciência para todo os estudantes”, conclui.

*Com informação: Sergio Jhones

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113793 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]