4ª etapa do Todos Pela Alfabetização começa em 366 municípios baianos

Publicidade

Banner da Gujão: Campanha com o tema ‘Tudo fresquinho é melhor’, veiculada em 3 de junho de 2022.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Com 283 mil alunos matriculados e previsão para durar oito meses, a Secretaria de Educação do Estado da Bahia (SEC) iniciou a quarta etapa do Programa Todos Pela Alfabetização (Topa). Nesta fase, as aulas serão ministradas em 366 cidades. O programa, que atende jovens acima de 15 anos, adultos e idosos, alfabetizou 751 mil pessoas, desde 2007, e é realizado em parceria com prefeituras e entidades da sociedade civil organizada. Nesta quarta etapa, 554 instituições participam do programa.

Por todo o interior, as salas de aula reúnem as histórias mais diversas como a de dona Jesuína Gomes, moradora de Brumado, na região sudoeste do estado. Ela, que não pôde estudar quando era jovem, aos 57 anos, realiza o sonho de ser alfabetizada. “Naquele tempo meu pai me proibiu de frequentar a escola com medo de que eu aprendesse a escrever cartas para namorados. Era um mundo cheio de preconceitos com as mulheres. Só meus irmãos estudaram, mas agora tenho essa chance”, comenta emocionada.

Formação diferenciada

Para ampliar as ações do programa, a Secretaria de Educação firmou convênio com quatro universidades e duas faculdades baianas para a formação de 9.500 alfabetizadores, coordenadores de turma, tradutores e intérpretes de Libras. Participam do convênio a Universidade Estadual da Bahia (Uneb), a Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), a Universidade Estadual de Santa Cruz (Uesc), a Universidade do Sudoeste da Bahia (Uesb), a Faculdade Maria Milza (Famam) e a Sociedade Educacional da Bahia (Fainor).

Segundo a coordenadora do Topa, Elenir Alves, essa é uma formação diferenciada. “No período de três meses, os professores passam dois meses em aulas, iniciam o trabalho com as turmas e retornam para completar a formação. Isso permite a troca de experiências e o aperfeiçoamento do que já foi ensinado”.

O secretário de Educação, Osvaldo Barreto, ressalta o compromisso do Governo do Estado com a redução do analfabetismo e as mudanças que o Topa provoca na vida dos alunos. “Por onde passamos vemos os mais diversos depoimentos, desde pessoas que já podem pegar ônibus sozinhas até as que iniciaram a vida escolar depois de anos. No mundo moderno, onde estamos sempre diante de informações escritas, quem não lê está excluído. O Topa devolve a vida a essas pessoas”.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 123072 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.