PIB do Brasil e Bahia é resultado da política acertada do governo Lula na crise de 2009, afirma o sendor baiano Walter Pinheiro

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Essa semana, a Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI) divulgou que o PIB baiano registrou crescimento de 7,5% em 2010, acompanhando o Brasil, que atingiu o mesmo patamar e está entre os cinco países que mais cresceram no período, ficando atrás da China, Índia, Argentina e Turquia.

Para o senador Walter Pinheiro (PT-BA), esse resultado foi engendrado graças às ações acertadas assumidas no governo do ex-presidente Lula para o enfrentamento da crise financeira mundial em 2009 e que tiveram alinhamento político na Bahia. “Último a entrar e primeiro a sair da crise, o Brasil foi preparado também para atravessar o período e crescer, com geração e distribuição de renda e promovendo o desenvolvimento local”, afirma o senador.

Segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o crescimento de 7,5% no PIB do país em 2010 foi o maior desde 1986. A soma das riquezas geradas no ano passado chegou a R$ 3,675 trilhões e o resultado é atribuído em parte ao aumento do consumo das famílias. “O governo teve coragem para investir e incentivar a produção na crise e, sobretudo, compromisso com distribuição e geração de renda”, disse Pinheiro.

Bahia – Segundo o estudo da SEI, em 2010 na Bahia, os setores acumularam um crescimento com taxas de 8,4% para a agropecuária, 8,5% para a indústria e 6,9% para serviços. Analisando-se os segmentos internos da indústria, mais uma vez, a construção civil foi o que registrou a maior taxa de expansão no ano (14,6%), refletindo no mercado de trabalho com um saldo de 20 mil postos de trabalho gerados. Para o setor de serviços em 2010, o destaque é o crescimento do varejo, com excelente taxa de crescimento de 11,2%, e do transportes, com expansão de 12,3%.

E a Bahia começou o ano de 2011 com recorde em geração emprego, o que foi comemorado pelo senador Pinheiro: 7.438 empregos com carteira assinada em janeiro. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED) e também colocam a Bahia em primeira posição no Nordeste.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115076 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.