O deputado estadual Marcelino Galo defende implantação das Unidades de Pronto Atendimento na Bahia

O deputado estadual Marcelino Galo (PT) participou, durante a tarde de ontem (30/03/2011), junto com os membros da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa (Alba), da reunião com novo diretor do Hospital Geral Roberto Santos (HRS), Paulo Bicalho.
O deputado estadual Marcelino Galo (PT) participou, durante a tarde de ontem (30/03/2011), junto com os membros da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa (Alba), da reunião com novo diretor do Hospital Geral Roberto Santos (HRS), Paulo Bicalho.

O deputado estadual Marcelino Galo (PT) participou, durante a tarde de ontem (30/03/2011), junto com os membros da Comissão de Saúde e Saneamento da Assembleia Legislativa (Alba), da reunião com novo diretor do Hospital Geral Roberto Santos (HRS), Paulo Bicalho. A comissão visitou as instalações do hospital e conheceu um pouco mais dos trâmites internos.

Dentre os assuntos discutidos, destaque para a criação das Unidades de Pronto Atendimento (UPA), que deve ter capacidade de atendimento básico e deverá estar funcionando a partir do segundo semestre deste ano. O novo diretor, Paulo Bicalho, salientou que o hospital está passando por um período de “readequação funcional que visa melhorias para o paciente, e as UPAs serão implantadas para filtrar os atendimentos de emergência”.

O parlamentar Marcelino Galo lembrou da importância do bom funcionamento do hospital. “A população necessita e quer ser atendida. Este trabalho de campo que estamos fazendo é muito importante porque conseguimos ver a real necessidade do povo para estudarmos uma maneira de minimizar os problemas, diminuindo os entraves que dificultam a realização de um atendimento de qualidade”.

Além de Marcelino, estiveram presentes na reunião o presidente da comissão, José de Arimateia (PRB), a vice-presidente, Graça Pimenta (PR), Alan Sanches (PMDB), Pastor Sargento Isidório (PSB), além da sub-secretária da Secretaria Estadual de Saúde, Suzana Ribeiro, do ex-diretor do HRS, Paulo Barbosa, do diretor administrativo, José Rodrigues, da superintendente de atuação integral à saúde, Gisele Santana, e da diretora de ensino e pesquisa, Delvone Ferreira.

Marcelino comemora criação de Secretaria e ampliação da licença-maternidade

O deputado estadual petista Marcelino Galo parabeniza o governador Jaques Wagner pela criação da Secretaria Estadual da Mulher na Bahia. O parlamentar exalta a importância da pasta para o aperfeiçoamento das políticas públicas para o setor, para a autonomia das mulheres e para a equidade de gênero.

O governador assinou, na manhã desta quarta-feira (30), os Projetos de Lei (PL) para criação da nova pasta e para a ampliação da licença-maternidade – que teve a intervenção direta de Galo quando desarquivou a PL de n. 18.584/2010, pedindo a ampliação dos períodos de licenças à gestante e por adoção. O evento foi realizado no Palácio Rio Branco, no Centro Histórico, com a presença de autoridades políticas e personalidades baianas.

“Agora o estado terá como ampliar a política estadual para o gênero feminino, o que é de suma importância para maior desenvolvimento das mulheres, principalmente as do campo, que ainda vivem sem muitos dos seus direitos, inclusive com a falta de locais para deixarem seus filhos e irem trabalhar sabendo que estão seguros e recebendo educação de qualidade”, avalia Marcelino Galo.

Galo foi o único deputado homem que esteve nas assinaturas dos PL’s, por acreditar que seja necessário se posicionar claramente a favor das políticas para mulheres e da ampliação do período de licença-maternidade das servidoras estaduais, já que no primeiro ano dos recém-nascidos é importante que eles tenham a participação das mães, por ser um período crucial para a criança. “Esse é um momento histórico para a Bahia, que conclui uma etapa da luta das mulheres pelo fortalecimento das políticas públicas específicas”, completa.

Desmembramento da Sepromi

A Secretaria Estadual da Mulher será criada do desmembramento da Secretaria da Promoção da Igualdade (Sepromi) que foi criada no primeiro mandato do governo Wagner para atuar nas questões de gênero e etnia. Assim, haverá duas secretarias, uma, que já existe e dedicada à questão racial, e a outra que será criada e irá tratar especificamente da questão das mulheres. Segundo matéria veiculada no site da Assessoria Geral de Comunicação do Governo do Estado da Bahia (Agecom), a iniciativa de assinar os projetos da secretaria e da licença-maternidade é uma forma do governo do Estado prestar uma homenagem às mulheres no mês em que se comemora o Dia Internacional da Mulher.

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112836 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]