Mulher ainda ganha menos que homem em quase todo o mundo

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Participantes da 55ª sessão da Comissão sobre o Estatuto das Mulheres dizem que problema mostra que apesar de conquistas, o preconceito ao sexo feminino ainda existe em muitas sociedades.

Termina nesta sexta-feira, na sede da ONU em Nova York, a 55ª sessão da Comissão sobre o Estatuto das Mulheres. Durante duas semanas, representantes de vários países debateram formas de eliminar desafios para mulheres e meninas. Um dos temas mais citados nas discussões foi a disparidade salarial entre homens e mulheres em todo o mundo.

Uma das participantes do evento, a professora da Unicamp Emma Siliprandi, falou à Rádio ONU, em Nova York, sobre a situação brasileira.

Acesso

“Da renda média que as mulheres recebem, no trabalho assalariado, corresponde a 70% da renda dos homens. Acesso a bens, como propriedades, como capital, a postos de comando, seja nas empresas, no setor público, é infinitamente menor. Por esses números, a gente vê que ainda há muita coisa a ser feita no Brasil”, afirmou.

Os temas discutidos no encontro da ONU são: igualdade de gênero, educação de mulheres e crianças e trabalho decentes. O evento também debateu políticas concretas para que as mulheres possam avançar na sociedade em todo o mundo.

A sessão ocorre uma vez ano ano e encaminha as sugestões para serem aprovadas pelo Conselho Econômico e Social das Nações Unidas.

*Com informação da Rádio ONU em Nova York.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113534 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]