Câmara Municipal parabeniza Salvador por seus 462 anos

Juarez Duarte Bomfim
Juarez Duarte Bomfim

Para destacar a trajetória histórica da primeira capital do país, o professor Juarez Bomfim fez um breve relato da sua importância para o Brasil

A “nobre senhora” cidade de Salvador, assim definida pelo professor e sociólogo Juarez Duarte Bomfim, completou 462 anos de fundação nesta terça-feira (29) com uma homenagem da Câmara Municipal de Salvador, casa legislativa que nasceu juntamente com a cidade, em 1549.

Na sessão regimental que comemorou o aniversário da capital, vereadores se uniram a representantes do Executivo Municipal, populares e alunos da Escola Estadual Helena Magalhães e Escola Adroaldo Ribeiro Costa para comemorar o crescimento econômico e o desenvolvimento urbano daquela que era a Salvador bucólica do passado e que se transformou em uma metrópole.

Para destacar a trajetória histórica da primeira capital do país, o professor Juarez Bomfim fez um breve relato da sua importância para o Brasil. “Salvador exerceu as funções administrativa, portuária, comercial, industrial e religiosa”, resumiu o palestrante da sessão. Em um passeio no tempo, Juarez mencionou a ascensão portuária da cidade, que lhe rendeu o título de “Rainha do Atlântico Sul”, por ser o mais importante porto das Américas, do século XVI ao XVIII.

Salvador viveu a era do ouro que lhe rendeu riquezas patrimoniais e culturais, com a construção de belos palácios, solares e igrejas. Mais tarde, veio a modernização urbana na segunda metade do século XIX e a partir de 1950 presenciou investimentos industriais e a expansão da atividade comercial.

Desafios

Mas junto às conquistas também surgiram outras questões que, segundo Juarez Bomfim, “são um desafio à municipalidade e a esta Casa”. A participação da Câmara Municipal na construção da história de Salvador foi realçada pelo professor. “A antiga Casa de Câmara e Cadeia exerceu as funções de poder Executivo, Legislativo e Judiciário. Foi ela que legislou sobre pavimentação, criação do primeiro sistema de esgotamento sanitário e fontes de água da cidade”, explicou.

Para o presidente da Casa, vereador Pedro Godinho (PMDB), “é um imenso prazer comemorar mais um aniversário da nossa querida Salvador. Sabemos das dificuldades para administrar uma cidade com uma arrecadação tão baixa. Como homens públicos e cidadãos, nós, representantes da Câmara, da Prefeitura, e dos governos Estadual e Federal, temos a obrigação de buscarmos soluções para os problemas que afligem o nosso município”.

Participaram da sessão, prestando homenagem a Salvador, o presidente da Fundação Gregório de Matos, Ipojucã Cabral, que representou o prefeito João Henrique Carneiro; e o superintendente de Meio Ambiente da Prefeitura, Luiz Antunes Nery. Também estiveram presentes os vereadores Alan Castro (PTN), Alemão (PRP), Dr. Pitangueira (PRB), Batista Neves (PMDB), Geraldo Júnior (PTN), Isnard Araújo (PR), Marta Rodrigues (PT), TC Mustafa (PT do B), Edson da União (PMN); Orlando Palhinha (PP), Téo Senna (PTC), Tia Eron (DEM), Sandoval Guimarães (PMDB), Cristóvão Ferreira Jr. (PDT), Pedrinho Pepê (PMDB) e Sabá (PRB).

Sobre Juarez Duarte Bomfim 741 Artigos
Baiano de Salvador, Juarez Duarte Bomfim é sociólogo e mestre em Administração pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), doutor em Geografia Humana pela Universidade de Salamanca, Espanha; e professor da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS). Tem trabalhos publicados no campo da Sociologia, Ciência Política, Teoria das Organizações e Geografia Humana. Diversas outras publicações também sobre religiosidade e espiritualidade. Suas aventuras poético-literárias são divulgadas no Blog abrigado no Jornal Grande Bahia. E-mail para contato: [email protected]