BNDES prorroga linha de financiamento para empresários baianos

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Os empresários baianos continuarão a contar com linha de financiamento do Programa BNDES de Sustentação do Investimento (BNDES PSI) para aquisição de máquinas e equipamentos, ônibus e caminhões. Com juros entre 4% a 10% ao ano, os empresários têm até o dia 31 de dezembro de 2011 para solicitar o crédito através da Agência de Fomento do Estado (Desenbahia).

O programa foi criado pelo BNDES em junho de 2009 para combater os efeitos da crise financeira internacional, estimulando a antecipação de investimentos por parte das empresas. Desde seu lançamento, a Desenbahia já aprovou R$ 54 milhões em financiamentos para tratores, caminhões, máquinas agrícolas, entre outros equipamentos para pequenas e médias empresas.

“O BNDES PSI é uma linha altamente competitiva e que certamente ajudará bastante aos empresários baianos. O programa, aliado a outras medidas, permite que as empresas locais mantenham seus planos de investimento, preservando e criando novos empregos”, explicou o diretor de Operações da Desenbahia, José Ricardo Santos.

Novidades

Passam a contar com as condições especiais do BNDES PSI a aquisição de partes, componentes e serviços tecnológicos para bens de capital. O Programa também financiará bens de tecnologia da informação e comunicação desenvolvidos no Brasil com tecnologia nacional. Nos dois casos, as taxas finais para o tomador do empréstimo serão de 5% ao ano.

Outra novidade é que será incluído no PSI o financiamento a ônibus com tração elétrica e tração híbrida, combinando o uso da eletricidade com algum outro combustível (diesel, biodiesel, etanol etc). Os equipamentos também terão de ser acessíveis para deficientes físicos e serão comercializados com taxa de 5% ao ano.

A partir próximo mês de abril, as taxas de juros para ônibus e caminhões serão de 10% ao ano, contra os 8% atuais. Os juros cobrados para comercialização de bens de capital passam de 5,5% para 6,5% ao ano (micro, pequena e média empresa) e 8,7% (grande empresa).

Empresário de qualquer parte do estado pode solicitar seu financiamento no site da Desenbahia, primeira agência de fomento do país a lançar um sistema web de solicitação de crédito. Com a entrega dos documentos, é feita a qualificação cadastral – enquadramento de acordo com as normas operacionais – e então há uma análise técnica do investimento. Com a aprovação, é realizado o contrato para, em seguida, o recurso ser liberado. Mais informações no site ou pelo telefone 0800-285-1626.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116891 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.