Técnicos debatem ações para trabalho decente no Carnaval 2011

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O plano operacional do projeto “Ouro Negro recicla: o trabalho decente preserva o meio ambiente” foi apresentado, na manhã desta sexta-feira (04/02/2011), às cooperativas de catadores de resíduos sólidos de Salvador, em evento realizado no auditório da Companhia de Engenharia Rural da Bahia (Cerb). Promovido pela Incubadora de Empreendimentos Econômicos e Solidários (Incuba), o encontro reuniu técnicos de diversas secretarias e órgãos do Estado, que discutiram os detalhes da ação.

O projeto conta com o apoio da Secretaria do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre), no financiamento de uma linha de crédito especial para as cooperativas. O secretário de Desenvolvimento Social e Combate à Pobreza doa Bahia (Sedes), Carlos Brasileiro, prestigiou o evento com alguns dos seus assessores especiais.
Há quatro anos consecutivos a Setre articula a campanha “Ouro Negro recicla: o trabalho decente preserva o meio ambiente” com as diversas secretarias estaduais e mais a Prefeitura de Salvador. “Este ano, a Setre vai fornecer uniforme completo para os catadores, composto por calça, camisa, luvas de PVC e protetores auriculares. Além disso, vamos oferecer água mineral durante todo o período da folia momesca”, afirma Iara Morena, coordenadora do projeto pela Setre.
Crédito 
O projeto “Ouro Negro recicla: o trabalho decente preserva o meio ambiente” é do Governo do Estado e tem apoio financeiro da Desenbahia. O Credi Solidário (CrediSol) aportará recursos no valor de R$ 90 mil, enquanto o CrediBahia, aplicará R$ 15 mil. As cooperativas Canore e Amigos do Planeta terão cada uma, financiamento no valor de R$ 30 mil; a Camapet, Recicoop e Cooperes (ex-Cooperssf) terão R$15 mil cada, perfazendo um total de R$ 105 mil, em contraposição a 2010, cujo valor global correspondeu a R$ 49 mil. A Cooperes será financiada pelo CrediBahia, através da modalidade de garantia “Aval Solidário” e efetivado com a elaboração de 150 contratos de empréstimos.
Para Joilson Santana (Camapet), “esta é uma ação coletiva que prevê melhores condições, atenção e proteção aos catadores durante o carnaval”, declarou. A professora Zilda Paim (Uneb), coordenadora de Comunicação da Incuba informou que desde a Lavagem do Bomfim já foram aplicados 700 questionários no cadastramento dos catadores. “O resultado é que boa parte dos entrevistados afirma conhecer a campanha e reconhece ser esta uma iniciativa importante para o fortalecimento do segmento”.
A liberação do crédito para as cooperativas está prevista para o dia 1º de março, enquanto os pagamentos serão realizados após dois meses de carência em três parcelas iguais. A execução, acompanhamento e avaliação da ação será realizada pela Superintendência de Economia Solidária da Setre com a participação de 40 técnicos, sendo que três deles trabalharão, exclusivamente, na avaliação de crédito.
Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 116730 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.