Secretaria da Agricultura quer fortalecer região sisaleira

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

(São Domingos e Conceição do Coité – Bahia) – “O Território de Identidade do Sisal é de extrema importância para a Bahia. É nele que se encontra o maior número de agricultores familiares do Estado e do País. A região é pujante e precisamos fortalecê-la, buscando soluções para o problema da podridão vermelha do sisal, as questões de mercado, e o melhor aproveitamento do sisal”, declarou nesta segunda-feira, 21/02/20111, o secretário estadual da Agricultura, engenheiro agrônomo Eduardo Salles, durante abertura do Seminário Desenvolvimento Territorial: reafirmando princípios e valores do CODES Sisal, na Universidade do Estado da Bahia, Uneb, em Conceição do Coité. Ainda nesta segunda-feira, Salles participou do lançamento do Programa de Recuperação de Estradas Vicinais, no município de São Domingos, onde também fez a entrega de motocicletas para o programa de apicultura.

O secretário afirmou que os governos do Estado e federal estão atentos ao Território do Sisal e que foram contratados, pela Empresa Baiana de Desenvolvimento Agrícola, EBDA, 35 profissionais para trabalhar, a partir de agora, diretamente no reforço da assistência técnica na região. “Aqui nesta região já emitimos 35 mil DAPs e vamos continuar trabalhando para desenvolver ainda mais a região sisaleira”, disse Salles, destacando a importância da Câmara Setorial das Fibras Naturais, criada para discutir questões relacionadas à cultura do sisal.

Os encontros reuniram prefeitos e lideranças da região, vereadores, representações sindicais e a sociedade civil. O prefeito de São Domingos, Isaac Junior, destacou que, para minimizar as dificuldades enfrentadas pelos agricultores, é necessário que as prefeituras da região sisaleira continuem trabalhando em consórcio, ou seja, em conjunto. “É a forma que encontramos para superar os problemas de infraestrutura e climáticos, para melhorar a qualidade de vida nos munícipes do Sisal”.

O seminário – uma realização do CODES Sisal (Conselho Regional de Desenvolvimento Rural Sustentável da Região Sisaleira do Estado da Bahia) – contou com ampla participação da comunidade. O Território do Sisal, integrado por 20 municípios, tem uma rica história de organização dos movimentos sociais e de articulação de ações visando à implantação de um processo de desenvolvimento do meio rural, com foco na agricultura familiar.

O Brasil é o maior produtor de sisal do mundo, e a Bahia é responsável por 96% da produção de fibra nacional, seguida por Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte e Ceará. O país também é o maior exportador. Estima-se que mais de 80% da produção nacional são exportadas para mais de 50 países, sendo os principais importadores os Estados Unidos, China, México e Portugal.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 113752 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]