Os deputados estaduais Carlos Geilson e Graça Pimenta repudiam violência praticada por policiais militares contra menor em Feira de Santana

Os deputados Graça Pimenta e Carlos Geilson emitiram notas repudiando atos de violência praticados por policiais militares e encaminharam ofícios ao executivo estadual cobrando providências.
Os deputados Graça Pimenta e Carlos Geilson emitiram notas repudiando atos de violência praticados por policiais militares e encaminharam ofícios ao executivo estadual cobrando providências.
Os deputados Graça Pimenta e Carlos Geilson emitiram notas repudiando atos de violência praticados por policiais militares e encaminharam ofícios ao executivo estadual cobrando providências.
Os deputados Graça Pimenta e Carlos Geilson emitiram notas repudiando atos de violência praticados por policiais militares e encaminharam ofícios ao executivo estadual cobrando providências.

O deputado estadual Carlos Geilson (PTN) pediu hoje rigor ao comenda da Polícia Militar da Bahia na investigação sobre a agressão cometida pelos dois policiais militares que agrediram um adolescente em Feira de Santana, ontem, quinta-feira, 10. A ação foi registrada por câmeras de segurança de um estabelecimento comercial. “Não podemos admitir que agentes de segurança percam o controle e agridam um cidadão, mesmo ele estando errado. O correto seria deter esse jovem que queria furar a blitz da PM e levá-lo preso a uma delegacia”, disse o deputado.

De acordo com as imagens, o rapaz está pilotando uma moto quando é obrigado a parar pelos policiais, que também estavam em motocicletas. Depois de parar, os policiais dão tapas no jovem, que cai no chão. Ele leva vários chutes e socos, após se levantar, é derrubado novamente. O adolescente foi detido e encaminhado para a Delegacia do Menor Infrator. Na ocorrência, os policiais teriam afirmado que o garoto pilotava sem habilitação e não respeitou a ordem de parada. Ele foi liberado e, depois, registrou queixa contra os policiais pela agressão.

O comando da Polícia Militar da Bahia informou que foi instaurado um inquérito policial militar para apurar o caso. Os dois policiais também foram afastados das funções oficiais até o término das investigações. Oficiais da Polícia Militar foram enviados até a cidade para ter acesso às imagens, que serão analisadas. “Estarei acompanhado de perto essas investigações e vou exigir os resultados ao comando da PM, que é uma instituição séria e que merece todo o respeito dos baianos. Mas não podemos aceitar que maus policiais agridam sob qualquer pretexto, quem quer que seja”, enfatizou Carlos Geilson.

Graça Pimenta repudia violência policial

A deputada estadual Graça Pimenta (vice-lider do PR) vai solicitar à Comissão de Direitos Humanos da Assembléia Legislativa da Bahia (AL) acompanhamento na apuração das agressões praticadas por policiais militares a um adolescente em Feira de Santana. A solicitação será  protocolada na próxima segunda-feira (14), na AL.

A agressão praticada por dois policiais militares chocou a opinião pública. A ação, considerada desastrosa, foi registrada por câmeras de segurança de um estabelecimento comercial, localizado Avenida João Durval.   “Sabemos que esta não é a recomendação do comando da PM. Por isso precisamos banir esse tipo de ação contra a sociedade”, disse Graça Pimenta.

A deputada estadual Graça Pimenta também está se solidarizando com a família do adolescente vítima da agressão praticada por dois policiais militares.

Carlos Augusto
Sobre Carlos Augusto 9321 Artigos
Carlos Augusto é Mestre em Ciências Sociais, na área de concentração da cultura, desigualdades e desenvolvimento, através do Programa de Pós-Graduação em Ciências Sociais (PPGCS), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB); Bacharel em Comunicação Social com Habilitação em Jornalismo pela Faculdade de Ensino Superior da Cidade de Feira de Santana (FAESF/UNEF) e Ex-aluno Especial do Programa de Doutorado em Sociologia da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Atua como jornalista e cientista social, é filiado à Federação Internacional de Jornalistas (FIJ, Reg. Nº 14.405), Federação Nacional de Jornalistas (FENAJ, Reg. Nº 4.518) e a Associação Bahiana de Imprensa (ABI Bahia), dirige e edita o Jornal Grande Bahia (JGB).