Indígenas do Sul da Bahia pedem apoio ao senador Walter Pinheiro

“Nosso objetivo principal é encontrar soluções definitivas, através da regularização fundiária das terras indígenas do Extremo-Sul da Bahia. Além de garantir esse direito, queremos, também, reivindicar uma melhor qualidade de vida para o nosso povo”, disse o cacique da Aldeia Pataxó Coroa Vermelha, Gerdion Santos do Nascimento (Aruã Pataxó).
“Nosso objetivo principal é encontrar soluções definitivas, através da regularização fundiária das terras indígenas do Extremo-Sul da Bahia. Além de garantir esse direito, queremos, também, reivindicar uma melhor qualidade de vida para o nosso povo”, disse o cacique da Aldeia Pataxó Coroa Vermelha, Gerdion Santos do Nascimento (Aruã Pataxó).

O senador Walter Pinheiro (PT-BA) assegurou que vai articular junto ao Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) respostas às demandas de representantes indígenas das Aldeias Pataxó do Extremo-Sul da Bahia, que estiveram em seu gabinete parlamentar, em Brasília, na tarde desta quarta-feira (23/02/2011). Além da luta pela reintegração de posse de terras, caciques e líderes solicitaram o apoio do senador para conseguir melhorias em diversas áreas.

“Com o apoio do Governo do Estado e Governo Federal, vamos continuar trabalhando com ações efetivas promovendo o resgate de uma luta justa pela igualdade social, dando condições dignas de sobrevivência aos índios do Brasil”, disse Pinheiro, para quem é imprescindível incluir na discussão o MDA, através da Fundação Nacional do Índio (FUNAI) e do Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA).

“Nosso objetivo principal é encontrar soluções definitivas, através da regularização fundiária das terras indígenas do Extremo-Sul da Bahia. Além de garantir esse direito, queremos, também, reivindicar uma melhor qualidade de vida para o nosso povo”, disse o cacique da Aldeia Pataxó Coroa Vermelha, Gerdion Santos do Nascimento (Aruã Pataxó).

O parlamentar baiano, quando secretário de Planejamento da Bahia, teve atuação reconhecida na implementação do novo mapeamento cartográfico do estado, que poderá auxiliar na identificação das terras indígenas, além de prevenir calamidades públicas, aperfeiçoar o recolhimento fiscal e auxiliar no desenvolvimento de planos diretores urbanos. Segundo Aruã Pataxó, atualmente cerca de 5.800 indígenas das Aldeias Pataxó do Extremo-Sul da Bahia ocupam territórios localizados nos municípios de Porto Seguro, Prado, Santa Cruz de Cabrália, Belmonte e Itamaraju.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111212 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]