GE aposta no Brasil e investe em pesquisa

A General Eletric está apostando no potencial do mercado brasileiro e anunciou investimentos de US$ 550 milhões no projeto de um centro de pesquisa na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro
A General Eletric está apostando no potencial do mercado brasileiro e anunciou investimentos de US$ 550 milhões no projeto de um centro de pesquisa na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro
A General Eletric está apostando no potencial do mercado brasileiro e anunciou investimentos de US$ 550 milhões no projeto de um centro de pesquisa na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro
A General Eletric está apostando no potencial do mercado brasileiro e anunciou investimentos de US$ 550 milhões no projeto de um centro de pesquisa na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro

A General Eletric está apostando no potencial do mercado brasileiro e anunciou investimentos de US$ 550 milhões no projeto de um centro de pesquisa na Ilha do Fundão, no Rio de Janeiro. O comunicado foi feito à presidenta Dilma Rousseff, nesta quarta-feira (16/02/2011), pelo presidente mundial da GE, Jeffrey Immelt, no Palácio do Planalto. Há seis meses, a GE investiu US$ 7 bilhões na aquisição de três empresas que operam no Brasil nos setores de petróleo, gás e energia.

No caso específico do centro de pesquisa, segundo informou o ministro de Ciência e Tecnologia, Aloízio Mercadante, após a audiência, serão oferecidos mil empregos diretos, sendo que 200 postos para pesquisadores. O objetivo é que este centro entre em funcionamento dentro de dois anos. Segundo Mercadante, a GE terá foco nos setores energético (gás, petróleo e energia), saúde e tecnologia da informação.

“Embora esteja presente no Brasil desde 1919, este é o primeiro grande investimento da GE. Todos os produtos desenvolvidos no centro, pelo memorando de entendimento, vão ter as patentes registradas no Brasil”, informou o ministro.

O presidente da GE no Brasil, João Geraldo Ferreira, explicou que a decisão da empresa demonstra a importância do país para o conglomerado. Segundo Ferreira, do volume total a ser investido, US$ 100 milhões serão destinados às orbas do centro de pesquisa e US$ 50 milhões em capacitação de mão de obra. Isso fará om que o Brasil tenha o quinto maior centro de inovação do mundo.

“O Brasil é essencial para a GE”, contou o executivo. Segundo projeções da indústria, a GE espera ampliar em 30% o seu faturamento, em 2011, na comparação aos US$ 2,6 bilhões de 2010.

O minisrtro do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior, Fernando Pimentel, que também participou da audiência, frisou que o importante nesta dcisão da GE é a possibilidade de ampliar ainda mais a balança comercial brasileira.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111058 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]