Ex-prefeito de Aurelino Leal José Augusto Neto é condenado a 19 anos de prisão e MP recorre de absolvição do segundo acusado

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O ex-prefeito do município de Aurelino Leal, José Augusto Neto, foi condenado a 19 anos de prisão pelo assassinato, em maio de 2007, do prefeito Gilberto Ramos de Andrade, seu sucessor. O resultado do julgamento, realizado na 1ª Vara do Júri do Fórum Ruy Barbosa e que teve a promotora de Justiça Armênia Cristina Santos atuando na acusação, foi anunciado ontem à noite, dia 10, pelo juiz Moacyr Pitta Lima, que acolheu todos os pedidos do Ministério Público estadual em relação à condenação do ex-prefeito.

O segundo acusado, Leonardo Ramos Santos, foi absolvido pelos jurados, o que levou a promotora de Justiça a interpor recurso ainda ontem por considerar que a decisão dos jurados foi “manifestamente contrária às provas dos autos”. Segundo Armênia, apesar de ter sido comprovado que Leonardo Santos confessou o assassinato sob tortura, “há um conjunto de provas que confirmam a sua participação no crime”. De acordo com a denúncia, o ex-prefeito teria pago para Leonardo contratar pistoleiros para assassinar o então prefeito Gilberto Andrade, que foi morto em uma emboscada na BR-101, no município de Aurelino Leal.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111194 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]