Estudante baiano passa em teste da Escola de Teatro Bolshoi no Brasil

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O baiano Rodrigo Pereira, estudante do Colégio Estadual Raymundo de Almeida Gouveia, no bairro Castelo Branco, em Salvador, foi escolhido como o mais novo aluno da Escola de Teatro Bolshoi no Brasil, sediada na cidade de Joinville, em Santa Catarina. Para viajar nesta segunda-feira (07/02/2011), Rodrigo, de 18 anos, conta com o apoio da Secretaria da Educação do Estado da Bahia.

O jovem dançarino ainda custa a acreditar que falta tão pouco para realizar este sonho. “Eu nem sei explicar o que sinto, é muita felicidade”, diz Rodrigo. A formação em dança contemporânea, no Bolshoi, deverá durar três anos. Nesse período, ele também terá aulas de balé clássico.

Rodrigo fez o primeiro teste para o Bolshoi aos 14 anos, não foi aprovado, mas nunca desistiu. Em outubro de 2010, depois de um novo teste, veio a aprovação. “Sempre amei dançar. A dança é a minha profissão, quero viver dela”. Ele conta que aos 11 anos pediu à sua mãe para matriculá-lo numa escola de dança e ela o levou à Fundação Cultural do Estado da Bahia. O estudante é destaque da Companhia Balé Jovem de Salvador.

Bom aluno – Rodrigo faz questão de destacar que, apesar da dedicação às aulas de dança contemporânea na Fundação Cultural do Estado da Bahia, ele não deixou de lado as matérias da escola: “sem estudar ninguém vai a lugar nenhum e eu ainda quero ajudar a minha família e viajar para Nova York, a terra da dança”, lembra.

A professora de filosofia do Colégio Estadual Raymundo de Almeida Gouveia, Ana Ferreira, que acompanha os preparativos de Rodrigo para a viagem confirma que o jovem “frequenta regularmente a escola e é muito dedicado aos estudos. É o aluno que todo professor gostaria de ter em sua sala de aula”, orgulha-se Ana.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109821 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]