Empresa lança, no município de Guanambi, pedra fundamental de conjunto de parques eólicos

Banner do JGB: Campanha ‘Siga a página do Jornal Grande Bahia no Google Notícias’.
Renova Energia lança empreendimento eólico na Bahia.
Renova Energia lança empreendimento eólico na Bahia.
Renova Energia lança empreendimento eólico na Bahia.
Renova Energia lança empreendimento eólico na Bahia.

A Renova Energia lançou hoje (25/02/2014), no município de Guanambi, a 796 KM de Salvador, a pedra fundamental de seu conjunto de parques eólicos comercializados no Leilão de Energia de Reserva – LER realizado em 2009. Na cerimônia estiveram presentes o vice-governador do Estado em exercício, Otto Alencar, a chefe da Casa Civil estadual, Eva Chiavon, o superintendente da Secretaria Estadual de Indústria e Comercio, Paulo Guimarães, os prefeitos de Guanambi, Charles Fernandes, de Caetité, José Barreira e o de Igaporã, Newton Cotrim, dentre outras autoridades. O empreendimento eólico é o primeiro em fase de instalação no sudoeste da Bahia.

Durante a solenidade, o vice-governador ressaltou a importância do projeto da Renova para a Bahia e a posição de destaque do Estado na matriz energética brasileira. “A Bahia tem 15% do potencial energético eólico de todo o Brasil. No futuro, o estado pode ser o maior produtor do país”, afirmou Otto Alencar.

Uma vez em operação, os 14 parques da Renova Energia vão formar o maior complexo eólico do Brasil. O inicio da operação comercial está prevista para 1º de julho de 2012. Os contratos de compra e venda de energia, formalizados pela Câmara de Comercialização de Energia Elétrica (CCEE), têm prazo de 20 anos.

Os parques serão implantados nos municípios de Caetité, Guanambi e Igaporã. O investimento previsto de R$1,17 bilhão atrairá para os municípios outros benefícios além da energia eólica.

“Além da produção de energia limpa, o investimento realizado certamente aquecerá a economia local. Em relação ao pequeno produtor rural, nosso modelo comercial prevê o arrendamento da terra, o que permite ao mesmo a continuação de suas atividades agropecuárias e sua fixação no campo”, declarou o presidente da Renova Energia, Renato Amaral.

Inicialmente serão instalados 184 aerogeradores, cada uma com 80 metros de altura (o equivalente a um prédio com mais de 27 andares) e pás de 42 metros de extensão. A energia anual gerada pelo complexo – que é de 1.100 GWh/ano (Giga-watt-hora por ano) – corresponde aproximadamente ao consumo de 650 mil residências. A estimativa é de que sejam gerados 2000 empregos diretos e indiretos durante o período de pico das obras.

Os aerogeradores foram adquiridos da GE, com potência instalada de 1,6 MW cada. As obras civis ficarão a cargo do consórcio Queiroz Galvão-Mercurius, e a montagem das linhas de transmissão será realizada pela ABB. A energia será escoada por uma Instalação Compartilhada de Geração – ICG a ser erguida pela Chesf. Em média, os projetos têm fator de capacidade da ordem de 48%, mas alguns chegam a ultrapassar 50%, número elevado para o setor.

Sobre a Renova Energia 

Renova Energia é uma empresa que atua na geração de energia elétrica por meio de fontes renováveis, como pequenas centrais hidrelétricas (PCHs) e energia eólica.

Fundada em 2000, ao longo dos anos tornou-se referência em energia limpa. Já conta com três PCHs em operação –  o Complexo Hidrelétrico Serra da Prata, na Bahia, que soma 41,8 MW – e tem o maior porfólio  de projetos de energia alternativa renovável do Brasil, com cerca de 1.250 MW em PCHs e 1.100 MW em parques eólicos nos Estados da Bahia, Minas Gerais, Mato Grosso, Maranhão, Goiás, Tocantins e Paraná.

Em agosto de 2008, a Comissão de Valores Mobiliários (CVM) concedeu o registro de companhia aberta a Renova Energia. Entre os sócios da Renova Energia estão o Fundo InfraBrasil, administrado de forma independente pelo Banco ABN AMRO Real, e dois jovens empreendedores, profundos conhecedores do setor de energia e fundadores da empresa (Ricardo Delneri e Renato Amaral). O Fundo Infrabrasil, que tem como quotistas importantes fundos de pensão brasileiros e instituições financeiras, é signatário dos Princípios do Equador, (que são diretrizes com uma série de verificações e exigências na concessão de financiamento para projetos ambientalmente impactantes), o que reforça o comprometimento da Renova com as melhores práticas de governança corporativa, sustentabilidade e preservação do meio ambiente.

Vice-governador da Bahia em exercício, Otto Alencar participou de lançamento pedra fundamental de conjunto de parques eólicos da Renova Energia, em Guanambi.
Vice-governador da Bahia em exercício, Otto Alencar participou de lançamento pedra fundamental de conjunto de parques eólicos da Renova Energia, em Guanambi.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 112929 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]