Emergências de Feira de Santana deixarão de atender planos de saúde

A partir de 1º de março de 2011, as unidades hospitalares de Feira de Santana poderão suspender o atendimento de emergência através de Planos de Saúde. Esta medida extrema é mais uma conseqüência da crise financeira que atinge as unidades particulares de saúde em todo o estado da Bahia. A Associação de Hospitais e Serviços de Saúde do Estado da Bahia (Ahseb) informa que, sem condições de manter as emergências nas unidades hospitalares do município em funcionamento, irão suspender o serviço atingindo, inclusive, o atendimento particular. A suspensão ocorre devido à impossibilidade de assegurar a qualidade e bom atendimento ao paciente.

“Para manter uma unidade de emergência num hospital de grande porte é necessário desembolsar mais de R$ 1 milhão por mês para bancar toda uma estrutura que seria de quatro ou cinco médicos, três vezes este número para enfermeiros, em torno de 30 técnicos, além de segurança, limpeza, administrativo, e caros medicamentos sem esquecer dos leitos. Os hospitais não têm como arcar com isso”, lamenta o presidente da Ahseb, Marcelo Britto. De acordo com ele, a crise das emergências nos hospitais particulares se deve a alta carga tributária, as poucas linhas de financiamento dos hospitais, e à falta de reajuste dos planos e convênios, situação que inviabilizou o atendimento.

É uma opção dos hospitais atender as urgências e emergências, salienta Britto. “Nenhuma lei ou regulamentação obriga este ou aquele estabelecimento a manter estes serviços, mas aqueles que disponibilizam dele devem prestá-lo com rapidez e qualidade, assegurando a saúde e bem-estar do paciente. Nas condições atuais, isto é impossível”, aponta. Quem precisar recorrer à emergência no período deve se dirigir ao Hospital Geral Clériston Andrade.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108791 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]