Em Feira de Santana foi inaugurado o 1º Núcleo Comunitário de Direitos Humanos e mediação de conflitos

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

O Grupo de Apoio e Prevenção a AIDS – GAPA-BA e o GLICH inauguraram o Núcleo Comunitário de Direitos Humanos e mediação de conflitos de Feira de Santana, no dia 04 de fevereiro de 2011, a partir das 10 horas da manhã. Neste dia as instituições disponibilizarão para a comunidade serviços diversos, principalmente os ligados a direitos civis e mediação de conflitos e previdenciários.

As comunidades mais pobres apresetantam uma série de dificuldades em acessar direitos básicos. Que vão desde a documentação, divórcio, pensão alimentícia, reconhecimento de paternidade a questões de moradia, custódia de filhos entre tantas outras problemáticas, por isso, o Núcleo de Mediação de Conflitos que é apoiado pela União Europeia, funcionará no bairro Baraúnas e prestará serviços jurídicos gratuitos para a população como forma de facilitar o acesso a justiça, quando necessário, e elucidando a comunidade sobre os seus direitos, procurando mediar os conflitos existentes contribuindo, desta forma, na diminuição das vulnerabilidades sociais as quais estão expostas.

A comunidade contará com os serviços gratuitos de advogados e Promotores Legal Populares (PLP), que ficarão disponíveis para atender e auxiliar na melhoria da qualidade de vida dos moradores do Bairro.

Contato do GAPA-BA 

Fábio Ribeiro Daíane Dultra

Promotor Legal Popular Assessora Jurídica do GAPA-BA

Presidente do GLICH

Contatos e endereço do Núcleo 

Endereço: Avenida Riachuelo, nº 89, Bairro Baraúnas, Feira de Santana- BA

Contatos: Cel – 75-8140-5479 ( Fábio )

E-mal – [email protected]

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 108869 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]