Blocos de jornalistas preparam-se para as comemorações do Carnaval 2011

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Trabalhar no Carnaval já faz parte do cotidiano dos profissionais de imprensa. Mas unir o útil ao agradável não faz mal a ninguém. Irreverência, reivindicações salariais, defesa das liberdades de imprensa e de expressão e a defesa do diploma marcam a participação dos jornalistas no Carnaval 2011 em diversos estados. Veja, a seguir, alguns dos preparativos.

“Imprensa que eu Gamo” esbanja irreverência no Rio

O “Imprensa que eu Gamo”, bloco dos jornalistas do município do Rio de Janeiro, vai desfilar este ano no dia 19 de fevereiro de 2011 (sábado). A concentração começa às 15h no Mercado São José, na Rua das Laranjeiras 60, em Laranjeiras. Com longa tradição no Carnaval carioca, o bloco ultrapassou as fronteiras dos jornalistas e trabalhadores da comunicação. A previsão para este ano é arrastar mais de 10 mil foliões com o refrão: “E fez-se a luz / E facebook / E fez-se a unha da mão e do pé / Quem manda agora é a mulher”. Por “livre e espontânea pressão” da direção do Sindicato dos Jornalistas, os diretores da FENAJ Sérgio Murillo de Andrade, Valci Zuculoto, e Suzana Tatagiba, da Comissão Nacional de Ética da categoria, confirmaram presença.

Jornalistas do Ceará expõem reivindicações nos desfiles do “Matou a Pau…ta!”

Num protesto pra lá de bem humorado, os jornalistas do Ceará aproveitaram o segundo desfile do bloco de pré-Carnaval Matou a Pau…ta!, realizado dia 5 de fevereiro, para dar um recado aos donos de rádios e televisões do Estado: “Patrão, cadê o reajuste dos jornalistas?”, questionavam os cartazes coloridos que tomaram conta da rua Floriano Peixoto, por onde passou o cortejo.

Os protestos bem humorados da categoria prosseguem nos dois próximos sábados (19 e 26 de fevereiro), a partir das 17h, no Centro Cultural do Banco do Nordeste (Rua Floriano Peixoto, 941, em Fortaleza). As camisas do bloco podem ser adquiridas no local da concentração ou na sede do Sindjorce (Rua Joaquim Sá, 545, Dionísio Torres).

“Tira a mão do meu canudo” é o tema de bloco catarinense

A defesa da profissão de jornalista é o tema escolhido para o carnaval 2011 do bloco “Pauta que Pariu”, dos jornalistas de Santa Catarina. Na cor rosa–pink, a camiseta tem a frase “Tira a mão do meu canudo” estampada na frente. Conforme a comissão organizadora, “é para mostrar que nem no carnaval os jornalistas catarinenses se esquecem da luta pela importância da formação superior para a profissão”. Neste ano, a simpática cegonha, símbolo do bloco, carrega também no bico um pergaminho e latinhas de bebidas.

Em sua sétima edição, o bloco fará seu “desfile oficial” no dia 5 de março, com concentração a partir do meio-dia, no bar Kibelândia, na área central de Floriaópolis. O primeiro “esquenta” do bloco ocorreu nesta terça-feira (15/02). As camisetas podem ser adquiridas no Sindicato dos Jornalistas de Santa Catarina (48- 3228-2500).

Em Manaus, banda dos jornalistas defende a liberdade de imprensa e de expressão

A banda dos jornalistas, “Imprensa que eu Gosto”, para o carnaval de 2011, vai sair no dia 19 de fevereiro (sábado). A folia tem início previsto para as 17h, na Avenida Gonzaga Pinheiro, entre o Boulevard Álvaro Maia e a Rua Belém, abrindo o Carnaval de rua de Manaus. Em seu sexto ano de desfile, a banda tem como tema neste ano “Liberdade de Imprensa e Regulamentação das Mídias”. Duas bandas musicais e uma bateria de escola de samba estarão comandando o agito, com as presenças do Rei Momo, da Rainha do Carnaval e demais personagens da quadra momesca. Os interessados podem adquirir camisetas na sede do Sindicato (Praça Santos Dumont, 15, em Manaus, fone 3234-9977).

Imprensa que Entra fez prévia no Carnaval do Recife

Apoiada pelo Sindicato dos Jornalistas de Pernambuco, a festa “Imprensa que Entra”, uma das mais animadas do pré-carnaval do Recife, reuniu jornalistas e profissionais de comunicação no Bar Catamaran, no dia 11 de fevereiro. Em sua terceira edição, o evento teve como tema “Quanta Ladeira no Divã”. Como atrativo, além de um cardápio musical variado com nomes de peso do carnaval pernambucano, o evento sorteou um cruzeiro para Fernando de Noronha entre os foliões. Parte da renda arrecadada foi revertida para o Comitê de Ação da Cidadania Contra a Fome.

*Com informações do FENAJ

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109977 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]randebahia.com.br.