Após 20 anos do último sucesso: Todo menino do Pelô sabe tocar tambor, volta à cena artística-cultural de Salvador, os Meninos do Pelô

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Para dar continuidade ao trabalho desenvolvido pelo Mestre Prego, um dos precursores do samba reggae falecido em julho do ano passado, os percussionistas Valdemar e Valdenilson França, mais conhecidos como “Buiu” e “Buiuzinho”, filhos do Mestre, retomam o trabalho com duas faixas musicais. A intenção é arrecadar fundos para a Associação Cultural Meninos do Pelô, que conta hoje com 30 crianças e adolescentes.

 “Todo menino do Pelô sabe tocar tambor”, composição de Saul Barbosa e Gerônimo, tem agora nova versão na voz de Michelle Santos. A música foi sucesso nacional e internacional quando a banda se apresentava ao lado de Daniela Mercury. A mistura de samba reggae e outros gêneros numa onda percussiva levou os meninos a se apresentaram em cerca de 20 países. Desta vez, a banda garante que o diferencial é a mistura de samba de roda com percussão.

Segundo Valdemar França, um dos diretores da Associação, um cd definitivo ainda será lançado este ano, em homenagem ao Mestre Prego. “Neste carnaval, nosso pai será homenageado também juntamente com outro mestre, o Neguinho do Samba. Por isso queremos fazer nossa música tocar nos corações de todos os baianos que um dia apreciaram o trabalho deles”, diz emocionado.

As músicas podem ser acessadas em www.myspace.com/meninosdopelo

O projeto – A Associação Cultural Meninos do Pelô atende 30 crianças e adolescentes carentes, sendo a maioria filhos de moradores do Centro Histórico. Há alguns anos mais de 200 crianças participavam do projeto. Por falta de recursos, esse número foi reduzido. Para se manter minimamente, a Associação recebe doações esporádicas. Oferece aulas gratuitas de percussão, informática e trançados afros, numa sede provisória localizada na Rua Frei Vicente, próximo ao Teatro XVIII, no Pelourinho.

Tem o objetivo de socializar crianças e adolescentes em vulnerabilidade social, colaborando com a sua integração ao processo cultural, e assim constituindo uma forma eficiente de retirar crianças e jovens das ruas. Também tem o propósito de estimulá-los a permanecer na escola formal dando-lhes uma ocupação e um ofício, além de afastá-los das drogas e do crime, bem como abrir novas perspectivas de vida e futuro.

Atualmente, a sede é um espaço precário e necessita de reparos, além de novos materiais e instrumentos que possibilitarão dar continuidade ao trabalho também educativo.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106596 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]