Toque de Acolher apreende adolescente que traficava por incentivo da mãe no interior da Bahia

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Agentes de Proteção á Infância e Juventude da Comarca de Santo Estevão aprenderam na madrugada de ontem (16/01/2011), um menor infrator de 15 anos, acusado de tráfico de drogas, assalto a mão armada, furtos e várias outras infrações.

A apreensão do menor aconteceu após o juiz da Vara Crime e da Infância e Juventude da Comarca de Santo Estevão-BA expedir MANDADO DE BUSCA E APREENSÃO contra o adolescente.

A busca e apreensão do menor foi realizada pelos Agentes de Proteção à Infância durante a ronda do toque de acolher (“toque de recolher”), que funciona na cidade desde junho de 2009, implantado pelo Juiz José Brandão.

“Para conseguir pegar o menor, nós fomos em equipe mas não conseguimos, mas depois mesmo sem pegar o infrator, nós voltamos e decidimos passar a madrugada cercando a casa da mãe que era onde estava o menor”, contou o Agente de Proteção à infãncia, André Santiago, acrescentando que, “pegamos o menor, pela manhã, na casa da mãe que acobertava tudo o que ele fazia”, relatou André.

Segundo informações do Juizado, o menor já tinha várias ocorrências registradas na delegacia. “Ele já é acusado de roubar supermercados, casas de empresários, assaltos e de também traficar drogas”, contou, destacando que, “além do menor, a mãe dele também já é traficante e está até com o celular e DVD empenhado por causa da droga (crack)”, informou o Agente de Proteção, Astério Máximo.

No Juizado da Infância de Ipecaetá-BA, o menor revelou que, além dele, sua mãe também vende crack. “Ela vende droga e já até penhorou alguns aparelhos de dentro de casa por causa do crack que ela vende. Para vender a droga, minha mãe vai buscar sempre em um bar que fica situado na cidade de Santo Estevão”, confessou o menor.

Questionado pela nossa reportagem a respeito de quem agia com ele nos roubos, o menor afirmou que mais três menores roubavam e vendiam drogas com ele. “Entrego todos porque não acho justo só eu ser punido, falo de minha mãe porque ela também vende drogas e não acho certo só eu pagar”, entregou.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]