Salvador registrou inflação de 0,27% em dezembro de 2010

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Salvador registrou inflação de 0,27% no último mês de 2010, taxa inferior a apresentada em novembro (0,89%). Já a variação acumulada no ano, de janeiro a dezembro, ficou em 4,33%, superior aos 3,01% alcançados em 2009. O resultado é do Índice de Preços ao Consumidor (IPC), pesquisa realizada e analisada pela Superintendência de Estudos Econômicos e Sociais da Bahia (SEI), autarquia vinculada à Secretaria do Planejamento (Seplan).

De acordo com a pesquisa, dos 375 produtos e serviços investigados em dezembro, 170 registraram alta nos preços, 110 tiveram decréscimos e 95 não apresentaram quaisquer alterações. Os produtos e serviços que tiveram maiores contribuições positivas para a formação da taxa foram refeição a la carte (3,29%), cerveja consumida fora do domicílio (2,80%), passagem aérea (10,77%), passagem de ônibus interestadual (4,61%), açúcar cristal (4,72%), livros didáticos (6,65%), frango congelado (3,61%), gastos com empregado doméstico (0,99%), carne bovina (peito) (7,72%) e lanche (1,00%).

Em contrapartida, os produtos e serviços que tiveram redução de preço foram camiseta, blusa e blusão femininos (-7,05%), feijão rajado (-11,49%), pacote turístico (-2,64%), batata-inglesa (-15,86%), móvel para sala (-1,80%), feijão mulatinho (-4,67%), gasolina (-0,36%), seguro voluntário de veículos (-2,76%), pão francês (-0,67%) e pimentão (-12,77%).

No mês de dezembro, dos sete grandes grupos que compõem o IPC/SEI, cinco registraram acréscimos, enquanto dois decresceram. Os que apresentaram aumento foram alimentos e bebidas (0,99%), habitação e encargos (0,28%), artigos de residência (0,24%), saúde e cuidados pessoais (0,18%) e transporte e comunicação (0,14%). Os grupos, que registraram redução foram despesas pessoais (-0,11%) e vestuário (-0,33%).

Cesta básica

A cesta básica passou a custar R$ 183,53, em dezembro, representando um acréscimo de 0,42%, em comparação com novembro. Com este resultado, a variação acumulada no ano ficou em 9,25%, registro acima do apurado em igual período de 2009, quando decresceu 11,66%.

No último mês analisado, o trabalhador comprometeu 35,99% do salário mínimo para adquirir os 12 itens da cesta. O tempo de trabalho necessário para se obter a cesta básica foi de 86 horas e 22 minutos. Dos 12 produtos que compõem a cesta básica, oito apresentaram variações positivas: tomate (9,68%), açúcar cristal (4,72%), banana-prata (3,49%), óleo de soja (2,99%), farinha de mandioca (2,34%), café moído (1,17%), leite pasteurizado (0,89%) e carne bovina-cruz machado (0,79%). Por outro lado, três registraram variações negativas: manteiga (-0,27%), pão francês (-0,67%) e feijão (-11,49%). O arroz permaneceu com o preço médio estável.

Redação do Jornal Grande Bahia
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 106839 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]