Salvador: Biblioteca Anísio Teixeira discute educação para surdos

Fachada da Biblioteca Anísio Teixeira, no Pelourinho, em Salvador.
Fachada da Biblioteca Anísio Teixeira, no Pelourinho, em Salvador.

Referência no atendimento aos surdos, a Biblioteca Anísio Teixeira (Ladeira de São Bento) incrementa ainda mais as férias desta garotada. No dia 26 de janeiro, será realizada a palestra “Educação para surdos” com a pedagoga Gercineide Guimarães Campos, às 14h. No mesmo dia, às 15h, acontecerá o lançamento do DVD Áudio-Livro “A menina que não gostava de ler” de Lilia Gramacho, vencedora do Edital da Fundação Pedro Calmon – FPC de Autores Baianos de 2008.

Há 27 anos trabalhando com surdos, Gercineide Guimarães é Diretora da Associação Educacional Som no Silêncio – AESOS e pedagoga especialista no Método Audiofonatório ou ‘Perdoncini’. Com vasta experiência, ela trará ao cerne do debate a situação da educação para surdos em Salvador; além de falar de outros métodos como a Língua Brasileira de Sinais (LIBRAS) e da grafia BRAILLE.

“A partir da utilização de ferramentas mais modernas, como o DVD Áudio-Livro “A menina que não gostava de ler” de Lilia Gramacho, a biblioteca amplia o campo da aprendizagem e inclusão de pessoas com deficiência auditiva”, destaca a diretora da Anísio Teixeira, Laura Galvão. Selecionada pela Fundação Pedro Calmon no edital de publicação do livro infantil “A Menina que Não Gostava de Ler” culminou no desenvolvimento do DVD Áudio-Livro.

Lilia Gramacho é jornalista, pós-graduada em Roteiro para TV e Vídeo e comunicação e marketing. Autora dos livros infanto-juvenis Camila e o Espelho; O Filho do Meio, escolhido pela produtora Portuguesa Abre-te-Césano, para ser adaptado para a Rede de Televisão Portuguesa. Recentemente venceu o Edital para Curta Metragem de Ficção Infanto-Juvenil do MinC, para o curta-metragem “Camila e o Espelho”, que transformou-se em uma peça de teatro infanto-juvenil vencedora do prêmio Mirian Muniz.

Acesso para todos

Através do Setor de Atendimento à Criança e ao Adolescente Surdo – SACAS, a Biblioteca Anísio Teixeira desenvolve atividades especiais voltadas para a pessoa com deficiência auditiva. Destacando a importância do aprendizado a partir da comunicação, utilizando a língua dos sinais ou a própria língua falada, o que favorece a inclusão de pessoas com deficiência auditiva na sociedade. Segundo Laura Galvão, as ações desenvolvidas pela biblioteca buscam novos equipamentos e ferramentas modernas, como o audiovisual, a fim de fortalecer o acesso deste publico a cultura, arte e educação.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110032 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]