Ministério Público da Bahia estabelece medidas para conquistar cenário alvo em 2023

Semana do Planejamento Estratégico do MPBA congregou procuradores e promotores de Justiça e servidores.
Semana do Planejamento Estratégico do MPBA congregou procuradores e promotores de Justiça e servidores.

A definição de medidas para fazer frente ao cenário mais provável, gerado a partir de uma pesquisa Delphi que integrou respostas de peritos e da sociedade acerca da probabilidade da ocorrência de determinados eventos até 2023 e da aplicação da teoria do impacto cruzado com simulações Monte Carlo, marcou a semana de intensas atividades do Planejamento Estratégico (do dia 17 até hoje, dia 20), que congregou procuradores e promotores de Justiça e servidores em diversas atividades que constituem o delineio da ‘Visão de Futuro’, fase do plano estratégico que permitirá ao Ministério Público estadual estabelecer iniciativas para atingir o que a Instituição considera como seu cenário alvo.

A semana marcou o início de mais uma fase relevante do planejamento que, para o procurador-geral de Justiça Wellington César Lima e Silva, “é uma ferramenta valiosíssima na medida em que possibilita o diagnóstico preciso e minucioso da realidade institucional, tanto na perspectiva dos seus membros e servidores, quanto na visão da sociedade e de importantes especialistas de todo o país”. “Proceder uma consulta tão ampla e diversificada é viabilizar o pleno e consistente conhecimento da nossa Instituição. Tudo isso com o acréscimo de valor decorrente de rigoroso método técnico dos procedimentos e rotinas consagrados no Planejamento Estratégico, bem como ainda especialmente qualificado por uma pesquisa Delphi que envolveu 252 especialistas de todo o país”, ressaltou o PGJ, assinalando que “este acervo rico e detalhado constitui matéria-prima irrepreensível para que a Instituição projete suas ações futuras com a convicção do seu acerto e legitimidade”.

Sob a orientação dos consultores da ‘Brainstorming Assessoria de Planejamento e Informática’, Joe Weider, Fernando Leme e Maurício Keller, os membros e servidores traçaram iniciativas estratégicas, indicaram consequências para o MP caso o cenário mais provável desfavorável à Instituição ocorra, estabeleceram medidas pré-ativas para que o MP se prepare pare os acontecimentos e começaram a indicar medidas proativas a serem adotadas. Como ressaltou Wellington César, nesse sentido, “erijimos ao posicionamento ou patamar de ações estratégicas matérias que dizem respeito à redução da criminalidade, melhoria do sistema de saúde e diminuição do analfabetismo no estado”.

Após concretizar tais opções, o procurador-geral de Justiça, conjuntamente com toda a equipe do Planejamento Estratégico, teve ontem, dia 20, “a satisfação de constatar que as escolhas sufragadas coincidiram com absoluta precisão tanto com o que as principais pesquisas em todo o país indicam como sendo as principais preocupações da população quanto com os resultados mensurados na pesquisa dos expert consultados”. Isso, frisou ele, “de tal modo que o resultado obtido revela e indica importante coesão interna e absoluta sintonia com os anseios da sociedade e análise dos especialistas”. Segundo o consultor da Brainstormin Joe Weider, com essa tentativa de perceber como chegar ao cenário alvo que se busca atingir no horizonte temporal de 2011 a 2023, o MP começa a construir a sua identidade estratégica, “uma identidade extremamente democrática”, disse ele, lembrando que o processo continua aberto à colaboração de membros e servidores da capital e do interior do estado.

Durante esses cinco dias de atividades, os consultores lembraram aos envolvidos no processo que, identificado o futuro mais provável e definido o cenário alvo da Instituição, o que se passa a buscar é uma ruptura de tendências de modo a alterar o futuro previsto. Para isso, ressaltaram Joe Weider e Fernando Leme, é necessário utilizar a ‘Teoria dos Jogos’, avaliando-se as diferentes formas de agir dos atores para buscar uma interação estratégica.

Aos integrantes do Grupo de Controle do Comitê de Gestão Estratégica (G30), coordenadores de centros de Apoio Operacionais, Núcleos e Grupos, diretores de unidades administrativas e servidores do MP, os consultores lembraram que “o resultado do trabalho é autêntico, metodológico e sem direcionamento algum”. O plano que, para o assessor da Gestão Estratégica, promotor de Justiça Waldemir Leão, “começa a ganhar corpo”, está em momento de trabalho intenso e já se demonstra “bastante produtivo”. A participação efetiva e eficiente dos membros e servidores garantiu uma semana “profícua”, e seus resultados serão apresentados na reunião que será realizada no próximo die 7 de fevereiro, informou Waldemir Leão.

Semana do Planejamento Estratégico do MPBA congregou procuradores e promotores de Justiça e servidores.
Semana do Planejamento Estratégico do MPBA congregou procuradores e promotores de Justiça e servidores.
Semana do Planejamento Estratégico do MPBA congregou procuradores e promotores de Justiça e servidores.
Semana do Planejamento Estratégico do MPBA congregou procuradores e promotores de Justiça e servidores.
Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 115189 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: editor@jornalgrandebahia.com.br.