Feira está entre as 50 cidades do Brasil que mais geraram postos de trabalho em 2010. Leia esta e outras notícias da PMFS

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.


Feira está entre as 50 cidades do Brasil que mais geraram postos de trabalho em 2010.

Feira está entre as 50 cidades do Brasil que mais geraram postos de trabalho em 2010.

Feira de Santana estar entre as 50 cidades do Brasil que mais geraram postos de trabalho durante o ano de 2010. A informação é do Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), que divulgou nesta quarta-feira (19/01/2011) os dados municipais de criação de empregos formais no ano passado.

No ranking, o município aparece em quadragésimo primeiro lugar, a frente de duas capitais, Vitória (ES) e Florianópolis (SC) e de cidades como Santos (SP),  São José do Rio Preto (SP) e Blumenau (SC). Os dados informam ainda que Feira de Santana apresentou um saldo de 9.766 vagas (diferença entre contratações e demissões).
O presidente da Associação Comercial de Feira de Santana, Armando Sampaio, atribui o crescimento de empregos ao impulso da área da construção civil no último ano.
 “O comércio também cresceu e contribuiu, sem dúvidas, mas o crescimento da construção civil foi maior, principalmente em função do programa ‘Minha Casa, Minha Vida’”, frisa.
O presidente do Sindicato do Comércio de Feira de Santana, José Carlos Morais, também acredita que a área da construção civil tenha sido a principal geradora de empregos.
“Mas o comércio teve participação de, no mínimo, 30%. Iniciamos 2010 com aproximadamente 13 mil empresas no município e hoje já temos 16 mil”, pontua.
Ainda segundo o levantamento do Ministério do Trabalho, São Paulo lidera as cidades que mais criaram postos de trabalho com carteira assinada, com o saldo de 262 mil vagas, mais que o dobro das criadas no Rio de Janeiro, segunda cidade no ranking, com 119 mil postos. Salvador aparece em sétimo lugar, com um saldo de 37.786 vagas.
Lançada matrícula informatizada
 
Mais de 25 mil alunos já matriculados 
Com a efetivação simultânea da matrícula de 25 mil alunos na rede pública municipal, o prefeito Tarcízio Pimenta autorizou, na manhã desta sexta-feira (21), durante solenidade no Museu Parque do Saber Dival da Silva Pitombo, o início das matrículas nas escolas da rede pública municipal através da internet. O sistema totalmente informatizado é pioneiro no Nordeste e pode ser acessado através do site www.matriculafacil2011.com.br.
Durante a apresentação do programa estiveram compondo a mesa de honra o prefeito Tarcízio Pimenta, o secretário de Educação, José Raimundo Pereira de Azevedo; o presidente da Fundação Cultural Municipal Egberto Tavares Costa, César Orrico; o vereador Alcione Cedraz e a professora Marta da Graça Lima, representando os professores.
As matrículas na rede pública municipal prosseguem até o dia 28 deste mês, de forma rápida, segura e via internet. Através do site, a população terá acesso a todas as informações sobre as escolas da rede pública municipal, a exemplo de abastecimento de merenda escolar, mobiliário e muitas outras informações. Já os responsáveis pelos alunos serão informados sobre a freqüência escolar e acesso ao boletim de notas.
O prefeito Tarcízio Pimenta anunciou o início da matrícula neste novo formato. “Estamos acabando com as filas, de uma vez por todas, com o novo sistema informatizado. Esse é um processo que já vai dar um formato diferente na área de Educação. Através de MSN nos celulares, vamos confirmar aos responsáveis pelos alunos que a matrícula já foi efetivada, podendo retornar para receber o fardamento”, frisou.
O funcionamento do sistema foi demonstrado com a realização da matrícula de dois alunos, pelos próprios pais, no Museu Parque do Saber. Além da matrícula informatizada, através da internet, os pais de alunos ainda podem fazer a opção pela matrícula em um dos 33 postos informatizados montados pela Prefeitura.
O secretário de Educação, José Raimundo, ressaltou a importância da iniciativa. “São tantos os benefícios trazidos para a educação, a exemplo de reforma, ampliação e construção de escolas, fardamento, mudança de referência de professores, alteração de carga horária, abono pecúlio, lousa eletrônica, quadro branco, material didático, alimentos da agricultura familiar, aquisição de 10 ônibus escolares, laboratórios de informática e muitos outros benefícios que transformam a educação”, frisou.
Quem não tiver computador com internet, se dirige a um dos 33 pontos de matrícula. O sistema vai permitir que os pais recebam informações via torpedo no celular, informando sobre ausência na escola, e também acesso pela internet ao boletim.
Operários trabalham na cobertura de canal
 
Cronograma de obra mantido pela Secretaria
 
As obras de construção da cobertura do canal de macro drenagem da avenida Padre Anchieta (avenida Canal) tem avançado consideravelmente, obedecendo cronograma estabelecido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano. Os trabalhos estão concentrados na construção de longarinas.
Após restaurar as paredes de alvenaria e realizar a limpeza diária do canal de macro drenagem, os operários deram início a construção das vigas que serão utilizadas para a cobertura da laje do canal e colocação de concreto no piso, além de instalação de madeirite na área do canal próxima ao bairro Baraúnas, a fim de oferecer mais segurança aos transeuntes e condutores.
A obra do canal se estende desde a avenida José Falcão até os fundos da Estação de Transbordo Central, o que totaliza 1.725 metros. Trata-se de uma parceria entre a Prefeitura de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, e o Governo Federal. O investimento é da ordem de R$ 2.398,00.
Mais de 4 mil partos no Hospital da Mulher
 
Unidade apresenta estatística de 2010 
O Hospital Inácia Pinto dos Santos (Hospital da Mulher) de Feira de Santana é especializado na realização de partos em gravidez de alto risco. Em 2010, a unidade hospitalar realizou 4.713 partos; desse número, 2.005 foram normais e 2.708 partos foram cesárea. O maior número de partos foi realizado no mês de março, quando o hospital atendeu 451 mulheres.
O diretor da Fundação Hospitalar, Jair de Jesus, informa que a maioria dos partos realizados pela unidade é cesárea. “Apesar do Ministério da Saúde preconizar o parto normal, o Hospital da Mulher recebe uma maior quantidade de mulheres com alto risco de gravidez. Sendo assim, temos que optar pelo parto cesárea para não colocar em situação de risco a mãe e o bebê”, explica.
O Hospital da Mulher conta com uma equipe médica composta por 14 médicos obstetras, sete pediatras e seis anestesistas que atendem em regime de plantão 24 horas. Diariamente são mantidos dois plantonistas e um diarista obstetra, além de dois neonatologistas e dois anestesistas.
Com o objetivo de atender com mais eficiência e qualidade, a unidade hospitalar ganhou diversas melhorias no ano passado, principalmente no Centro Obstétrico. Foram adquiridos dois aspiradores cirúrgicos elétricos, um otoscópio, quatro detectores fetal sonar, quatro aparelhos de pressão com estetoscópio, além da aquisição de três camas para unidade semi-intensiva.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]