Estado registra avanços na área de transplante de órgãos

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Os investimentos feitos pela Secretaria Estadual da Saúde (Sesab) na área de transplante durante o ano passado tiveram um impacto positivo, inclusive em municípios do interior, onde foram registradas as primeiras notificações de morte encefálica e as primeiras doações e captações de órgãos.

Em Salvador, o Hospital do Subúrbio contabilizou a primeira captação de órgãos com apenas uma semana de funcionamento, e o Hospital da Criança, em Feira de Santana, realizou sua primeira captação com pouco mais de um mês de inaugurado.

Em todo o estado, a Central de Notificação, Captação e Distribuição de Órgãos (CNCDO) registrou em 2010 um total de 57 doações de múltiplos órgãos, representando um aumento de 7,5% em relação a 2009, quando foram registradas 53 doações.

Para o coordenador do Sistema Estadual de Transplantes, Eraldo Moura, o número de doações ainda é muito baixo na Bahia, em decorrência, principalmente, do elevado índice de negativa familiar – cerca de 50% das famílias de potenciais doadores não autorizam a doação.

Ampliação do número de leitos de UTI, promoção de cursos de capacitação para profissionais de saúde, desenvolvimento de ações educativas para difundir informações sobre o processo de doação junto à população em geral, estabelecimento de parcerias entre o Sistema Estadual de Transplantes e empresas de ônibus intermunicipais, possibilitando o transporte gratuito de material biológico, e o apoio constante da Casa Civil, disponibilizando transporte aéreo para as equipes envolvidas na captação de órgãos, foram alguns dos investimentos feitos pela Sesab durante o ano passado, com o objetivo de ampliar o número de transplantes na Bahia.

Um número significativo de profissionais de saúde que atua no Sistema Estadual de Transplantes e em unidades hospitalares públicas e privadas foi contemplado com cursos de capacitação durante o ano passado. O coordenador do Sistema Estadual de Transplantes destacou a participação de dez profissionais em treinamentos realizados nos hospitais Sírio Libanês e Albert Einstein, em São Paulo, e a realização, em Salvador, do Curso de Comunicação de Más Notícias.

Troféu Amigo do Transplante

Em 2010, mais uma vez a Sesab fez a entrega do Troféu Amigo do Transplante, integrando a programação da Semana Nacional de Incentivo à Doação de Órgãos, comemorada na última semana do mês de setembro, por iniciativa da Associação Brasileira de Transplante de Órgãos (ABTO), Ministério da Saúde e secretarias estaduais da Saúde.

Em 2011, conforme Eraldo Moura, a Sesab deve continuar investindo em campanhas educativas, com o objetivo de conscientizar a população para a importância da doação de órgãos. “Vamos também continuar avançando no projeto de interiorização do programa de transplantes, que já vem rendendo bons frutos, a exemplo das primeiras notificações de morte encefálica em Irecê, Juazeiro, Porto Seguro e Teixeira de Freitas e das primeiras captações de órgãos em Alagoinhas, Santo Antônio de Jesus e Jequié”, explicou o coordenador.

Existem hoje na Bahia 3.740 pessoas em fila de espera para transplante. Segundo Moura, a falta de informações adequadas sobre o processo de doação e transplante de órgãos ainda é um dos principais obstáculos para a ampliação do número de transplantes e a consequente redução da fila de espera pelo procedimento.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 111109 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]