Casa de Saúde Santana, em ofício enviado à Prefeitura, reconhece a inexistência de débito. Leia esta e outras notícias da PMFS

Logomarca do Jornal Grande Bahia.
Logomarca do Jornal Grande Bahia.

A Casa de Saúde Santana reconheceu, por meio de ofício, que a Prefeitura Municipal de Feira de Santana não tem débitos com a unidade hospitalar. No documento, entregue nesta quinta-feira (6/01/2011) ao prefeito Tarcízio Pimenta, o diretor presidente da entidade, Ângelo Mário Carvalho Silva, confirmou que o recebeu as cotas de emergência e cirurgias.

No mesmo ofício, Ângelo Mário Carvalho Silva solicita o restabelecimento do Fundo de Ações Estratégicas de Compensação (Faec) – programa criado pelo Ministério da Saúde para manutenção de campanhas a exemplo de cirurgias eletivas e outras.

Quanto aos procedimentos excedentes, a Secretaria Municipal de Saúde (SMS) já havia alertado aos prestadores de serviços, desde o mês de março de 2010, sobre a necessidade de obedecer ao limite quantitativo físico e financeiro da Ficha de Programação Orçamentária (FPO). O limite também está previsto em contrato.

Moradores da Ayrton Senna serão removidos

Remoção das famílias deve ocorrer este mês

As famílias que residem próximo ao viaduto Georgina Érismann, na avenida Ayrton Senna, serão realocadas para as casas próprias, no bairro Mangabeira, até o final deste mês. A informação foi divulgada na manhã desta quinta-feira (6), após reunião entre a Defesa Civil, Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano, Companhia de Desenvolvimento Urbano da Bahia (Conder) e Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa).

Após a remoção das famílias e a desobstrução da Ayrton Senna, a Prefeitura de Feira de Santana vai buscar uma solução para canalizar as águas oriundas de bairros como Cidade Nova e Feira V, o que provoca enchentes em casas situadas na rua Mesquista.

Na futura residência das famílias que ainda residem na Ayrton Senna, a Embasa concluiu 90% do esgotamento sanitário e vai terminar o serviço ainda esta semana. No que se refere à obra, o engenheiro responsável pelos trabalhos, Cristiano Rios, disse que 98% está pronta, restando apenas a conclusão da pintura e o assentamento de acessórios. Os postes de energia foram instalados, mas falta ligar a rede de energia.

Segundo o agente da Defesa Civil, Luiz Américo Soares, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano vai demolir as residências desocupadas de imediato para que outras famílias não ocupem as casas. “Nossa previsão é abrir a Ayrton Senna no início do mês de fevereiro”, declara.

O secretário municipal de Prevenção à Violência, Mizael Freitas de Santana, destaca que a Prefeitura tem acompanhado este caso justamente porque demanda algum tempo e há casas em risco. “Com a ação da Embasa e da Conder, a gente espera uma atitude prévia para solucionar as pendências e não haja problemas nas casas com as chuvas”, pontua.

O residencial possui 358 casas com estrutura de dois quartos, uma sala, uma cozinha e um banheiro em cada uma, o que totaliza 32.4 metros quadrados por casa. A obra está sendo executada pelo consórcio BMF Engenharia, Constru Qualy Engenharia e EngeLux Engenharia, e começou no dia seis de junho de 2009.

Projeto para água em Ipuaçu

Iniciativa envolve custos da ordem de R$ 126 mil

O prefeito Tarcízio Pimenta entregou ao secretário estadual de Desenvolvimento Urbano, Cícero Monteiro de Carvalho, em Salvador, na manhã desta quinta-feira (06), projeto elaborado pelo Governo Municipal em parceria com a Embasa para ampliação da captação, unidade de tratamento, reservação e distribuição do sistema integrado de abastecimento de água de Ipuaçu. A iniciativa envolve custos da ordem de R$ 126 mil.

Durante a audiência o prefeito Tarcízio Pimenta esteve acompanhado do secretário municipal de Agricultura, Recursos Hídricos e Desenvolvimento Rural, Ozeny Moraes, e do vereador Roque Pereira. Serão atendidas aproximadamente mil famílias através do projeto, orçado acima de R$ 3,5 milhões.

Conforme o secretário Ozeny Moraes, atualmente o sistema atende precariamente Ipuaçu, parte de Brava, Gameleirinha e Ieda Barradas. Com o novo sistema, além de reforçar o abastecimento nestas comunidades, também levará água tratada para Umbuzeiro, Vera Cruz, Rumo, Pedra da Canoa, Licurioba, Formosa e Santa Rosa.

A adutora ainda contempla Conceição, Sítio do Meio, Cascalheira e Pedra do Rio Branco, comunidades situadas nos distritos de Jaguara e Maria Quitéria. Ainda há possibilidade, nesse projeto, atender também às sedes de Jaguara e Bonfim de Feira, que atualmente são abastecidas pelo sistema integrado de Santo Estêvão e sofre bastante com o abastecimento irregular.

O prefeito Tarcízio Pimenta também solicitou ao secretário a viabilização de extensões de água para a comunidade de Caboronga, no distrito de Bonfim de Feira, que possui sistema de abastecimento mantido pelo Governo Municipal, mas que durante o período do verão sofre escassez de água. Recentemente foram perfurados dois poços artesianos, com cerca de 100 metros de profundidade, mas não deram água.

Durante a audiência, o secretário Cícero Monteiro elogiou a parceria entre a Prefeitura de Feira de Santana e a Embasa e destacou a importância deste trabalho continuar.

Procon divulga balanço de dezembro

Mais de 1.170 queixas registradas no mês de dezembro

A Coordenadoria Municipal de Defesa do Consumidor (Procon) registrou durante o mês de dezembro 1.171 queixas e instaurou 138 processos. A Empresa Baiana de Águas e Saneamento (Embasa) continua a liderar o ranking com 120 queixas, em seguida aparece a Coelba, e outras empresas de telefonia, redes de cartões de crédito, supermercados e lojas de eletrodomésticos.

A Coelba ocupa o segundo lugar com 53 queixas; a Rede Credicard com 46 reclamações; a Oi registrou 43 queixas. A Embratel ocupa o quinto lugar e a Rede Itaucard aparece em sexto lugar, ambas registraram 39 consumidores insatisfeitos.

A lista apresenta ainda as empresas Ibicard (37 reclamações), Hipercard (33), Tim (20), Bradesco (19), Insinuante (18), Banco do Brasil (18), Claro (17 reclamações), G.Barbosa (17), Ricardo Eletro (12), Feira Tec (11), Stracell (11), BMG (11), Vivo (11), BMC (8), Banco Santander (8), Samsung (8), CCE (8), Americanas (8), Móveis Ipanema (8), Casas Bahia (8) e Lojas Riachuelo (8). As empresas Esplanada, Huawei Consul finalizaram o mês com sete reclamações cada.

Quanto aos processos, a Embasa teve 56 registros e a Coelba 14; o Supermercado G.Barbosa fechou com 10 processos, a Starcell com 8 processos. A Ricardo Eletro, Insinuante e Feira Tec registraram um total de 7 processos abertos cada.

As empresas LG (3), CCE (3); Consul (3); Fogão de Ouro (3), Positivo (3); Brastek (3); BMG (3); Ibicard (3); Ponto Frio (3); BMC (3); Americanas (2); Nokia (2); Vídeo Mania (2); Samsung (2); Itaucard (2); Oi (2); Sony (2); Philco (2), Eletrolux (2), também tiveram processos registrados no Procon, assim como Ortobom, Huawei, Tim, e Casas Bahia, todos com dois processos abertos.

Queixas contra fornecedores de bens e serviços podem ser registradas nas unidades do órgão instaladas na avenida Maria Quitéria, 2.441, e no prédio do Centro de Atendimento ao Feirense (Ceaf), na rua Barão de Cotegipe, Centro. Mais informações pelo telefone (75) 3603-8457.

Alto da Cabrita terá água encanada

Obras serão iniciadas nesta sexta-feira, 7

A comunidade do Alto da Cabrita, no distrito de Ipuaçu, vai passar a contar com rede de abastecimento de água encanada. As obras para implantação do sistema serão iniciadas nesta sexta-feira (07), a partir das 7hs, através de parceria entre a Prefeitura de Feira de Santana e a Embasa.

Com a iniciativa, o prefeito Tarcízio Pimenta cumpre compromisso assumido com a comunidade de solucionar o problema de abastecimento. É uma das preocupações da administração municipal em função da localidade passar privações no abastecimento de água potável, mesmo estando entre o conjunto Viveiros e a barragem Pedra do Cavalo.

São três quilômetros de extensão para implantação do sistema de abastecimento. Entretanto, o serviço demanda de tempo em função do terreno ser predominantemente rochoso, dificultando os trabalhos de escavação para implantação das tubulações.

Conforme o secretário de Agricultura, Recursos Hídricos e Desenvolvimento Rural, Ozeny Moraes, após a comunidade do Alto da Cabrita, também serão realizados reforços no sistema da comunidade de Santa Luzia e atender a comunidade de Nunes.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 109697 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]