Sistema de videomonitoramento é ampliado em Salvador

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.
A vigilância eletrônica de Salvador ganha reforço. Empresa de tecnologia da informação e comunicação da Prefeitura, a Companhia de Governança Eletrônica do Salvador (Cogel) está instalando mais 24 câmeras em áreas, como Pelourinho, Liberdade, Periperi, Pirajá e o bairro de Tancredo Neves, antigo Beiru, com o objetivo de contribuir com a segurança desses locais.
Adquiridos com recursos federais provenientes do Programa Nacional de Segurança Pública com Cidadania (Pronasci), os novos equipamentos ampliam o sistema de videomonitoramento da cidade, que de 22 passa a ter 46 câmeras, já no início de 2011. Até o Carnaval, a expectativa do presidente da Cogel, Nailton Lantyer Filho, é que mais 23 sejam instaladas, totalizando 69 câmeras na cidade.
“O vice-prefeito Edvaldo Brito, nosso coordenador do Carnaval, é um dos maiores entusiastas do videmonitoramento e tem incentivado o investimento nesta ferramenta, que apresentou ótimos resultados no último Carnaval, contribuindo decisivamente para melhorar a qualidade dos serviços públicos municipais durante a festa carnavalesca”, observa Nailton.
Se as 22 câmeras atualmente em funcionamento colaboram com a gestão do trânsito, limpeza, iluminação, transportes e preservação de praças e vias públicas, aumentando a eficiência das ações municipais, os 24 novos equipamentos vão contribuir com a segurança da capital baiana. O índice de violência das localidades foi o que determinou a instalação das câmeras, conforme orientação do Pronasci.
Nailton Lantyer Filho explica que a Prefeitura Municipal está firmando parcerias com a Secretaria de Segurança Pública e Polícia Militar para compartilhar a utilização dos novos equipamentos. “Por determinação do prefeito João Henrique, a meta é implementar imediatamente o Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGI-M) e reunir nele, que será uma grande central de videomonitoramento, diversos órgãos responsáveis por serviços públicos em nossa cidade”.
Atualmente, na Cogel, já funciona uma central de videomonitoramento, onde a Transalvador toma medidas para destravar o trânsito nas regiões mais críticas da cidade.  Nela também a Guarda Municipal faz a vigilância de praças e bens públicos. A Limpurb fiscaliza a demanda de serviços de limpeza e irregularidades no descarte do lixo. E a Sesp, por sua vez, pode se antecipar às reclamações dos cidadãos quanto a problemas na iluminação pública ao localizar, com as câmeras, postes que estejam com lâmpadas apagadas.
Segundo Nailton Lantyer Filho, o sistema de videomonitoramento também possibilita o cidadão acompanhar o trânsito da cidade através do site da prefeitura (www.salvador.ba.gov.br) e, antes de sair de casa, encontrar a melhor rota para chegar ao seu destino. “Estamos na fase inicial. A meta é chegar a 400 câmeras espalhadas por toda a cidade até o final do mandato do prefeito João Henrique”, afirma.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]