Pesquisa mantém Jornal entre as mídias mais confiáveis

É o segundo colocado, ficando atrás apenas da TV, para a pesquisa realizada em Brasília, Rio de Janeiro e São Paulo.

O jornal se mantém entre as mídias de maior credibilidade junto ao público, apesar da diversidade de acesso à informação. Do total de entrevistas da 4ª Pesquisa de Credibilidade da Mídia, conduzida pela agência CDN, 49% dos entrevistados classificam o jornal como muito confiável/confiável, atrás apenas da TV (58%).

O estudo entrevistou 800 pessoas em São Paulo, Rio e Brasília. Executivos seniores com cargos de alta gerência e direção em empresas de grande e médio porte, e jovens executivos com menos de 29 anos.
Os jornais mais confiáveis para executivos cariocas e paulistas são a Folha de S. Paulo (23%), O Globo (20%), O Estado de S. Paulo (12%) e Valor Econômico (5%). Em Brasília, 54% dos leitores apontam o Correio Braziliense como o mais confiável, em ranking que ainda destaca a Folha de S. Paulo (16%) e o Valor Econômico (11%).
O jornal continua como uma das principais fontes de informação dos executivos de todas as idades, com 88% de penetração junto a esse público em São Paulo e no Rio. Nessas praças, a TV lidera com 95%. Entre os jovens executivos das três cidades, a web assume o 1º lugar, com 90,5%, seguida pela TV (89,5%) e jornal (88,5%). A internet é a mídia mais lida em Brasília, com 98%, à frente do jornal (96%) e TV (93%).
Outro dado é o fato de que 70% dos entrevistados confiam mais nas notícias publicadas em jornal do que na web. Cristina Panella, diretora-geral de estudos e pesquisa da CDN, afirma que mesmo com o ciberespaço antecipando as notícias, o público ainda pede que se contextualize essas informações. E os jornais são muito bons nisso, diz ela.
Segundo a pesquisa, 53% dos entrevistados em São Paulo e no Rio acessam os portais dos jornais e revista pela internet, e dentre eles, 49% leem o conteúdo dos jornais na web diariamente. Em Brasília, o número de leitores de jornais na internet sobe para 69%, sendo que 54% deles fazem-no todos os dias. Entre os jovens, o índice de leitura na internet é de 63% e o hábito diário de acessar a versão web dos jornais está na faixa de 51%.
Marilia Stabile, diretora-geral de análises e tendências da CDN, diz que o jornal ainda é a grande referência para os outros meios: Ele está, inclusive, nas mídias sociais. O desafio agora é manter os leitores fiéis em meio a tanta informação.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]