Número de jornalistas presos é o maior em 14 anos | Por Leticia Nunes

Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.Jornal Grande Bahia, compromisso em informar.

Um novo relatório do Comitê para a Proteção dos Jornalistas, com sede em Nova York, afirma que o número de jornalistas presos no mundo atingiu seu maior índice desde 1996. Em 1º de dezembro de 2010, segundo os números do CPJ, 145 repórteres, editores e fotojornalistas estavam presos em 28 países – são nove profissionais de imprensa a mais do que em 2009, mesmo com a soltura, em outubro de 14 jornalistas em Cuba.

As maiores prisões para jornalistas continuam a ser China e Irã, com 34 presos cada. Na China, diz o relatório do CPJ, a maior parte das prisões ocorre em regiões com relações sensíveis com o governo, como Tibete e Uighur. No Irã, elas refletem um aumento da repressão após as eleições presidenciais do ano passado.

A maioria dos profissionais encarcerados – 69 deles – trabalhava na internet, enquanto 57 atuava em veículos impressos. Freelancers contabilizam 64 presos. Do total de jornalistas presos, 72 foram acusados de atos contra o Estado, enquanto 34 não receberam acusações formais. “O aumento do número de jornalistas presos em todo o mundo é chocante”, afirmou o diretor da organização, Joel Simon. “[O aumento destes números] ocorre em larga escala por conta de poucos países que sistematicamente prendem jornalistas – países que se encontram em guerra com a própria informação”. Entre os países com profissionais de imprensa presos estão o Uzbequistão (6), o Vietnã (5), Eritréia (17), Cuba (4), Etiópia, (4), Sudão (3) e Turquia (4).

*Por Leticia Nunes – Observatório da Imprensa.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Faça uma doação ao JGB

About the Author

Redação do Jornal Grande Bahia
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]