MPF vai apurar se policiais rodoviários federais cometeram homicídio

No último dia (08/12/2010), um desconhecido foi morto na Avenida Juracy Magalhães Júnior, após troca de tiros com os agentes da PRF.

O Ministério Público Federal na Bahia (MPF/BA) instaurou, no último dia 10, procedimento investigatório criminal para apurar a morte de uma pessoa atribuída a Polícias Rodoviários Federais. O crime ocorreu em 8 de dezembro deste ano, em terreno do Hospital Aliança, na Avenida Juracy Magalhães Júnior.

De acordo com informações divulgadas pela imprensa, o desconhecido recebeu voz de prisão dos policiais, após roubar uma bolsa de dentro de um carro parado no semáforo. Ainda segundo a mídia, o homem fugiu e morreu na troca de tiros com os policiais.

O procurador da República Vladimir Aras, que instaurou o procedimento, solicitou informações acerca do fato à Polícia Rodoviária Federal e à Delegacia da 28ª Circunscrição Policial.

Cabe ao Ministério Público exercer o controle externo da atividade policial, nos termos da Constituição. Para Aras “é importante investigar se houve reação ou resistência por parte do indivíduo que foi morto, o que tornaria legítima a ação dos agentes policiais!”.

O crime de homicídio pode ser punido com reclusão de seis a vite anos.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]