MPF denuncia quatro mulheres por tráfico internacional de pessoas

Membros da gangue poderão ser condenadas a pena de até 25 anos de reclusão, diz MPF.
Membros da gangue poderão ser condenadas a pena de até 25 anos de reclusão, diz MPF.
Membros da gangue poderão ser condenadas a pena de até 25 anos de reclusão, diz MPF.
Membros da gangue poderão ser condenadas a pena de até 25 anos de reclusão, diz MPF.

O Ministério Público Federal em Ilhéus (BA) denunciou ontem, 13/12/2010, quatro mulheres pelos crimes de tráfico internacional de pessoas e quadrilha. Foram denunciadas Sara Pinheiro de Almeida, Dilma Rodrigues Pinheiro de Almeida, Vilma Ferreira Santos Pinto e Josselma Bacelar Cardoso, atualmente custodiadas no presídio de Itabuna.

De acordo com a denúncia, as mulheres associaram-se, no ano passado, no município de Buerarema, para promover, intermediar e facilitar a saída de pessoas do Brasil, com a promessa de falso trabalho no exterior.

Conforme relato de uma das testemunhas, as mulheres aliciaram e organizaram a sua ida para a Cidade de Reus, na Espanha, com a promessa de emprego para cuidar de uma casa de família. As despesas com a emissão do passaporte e as passagens aéreas foram custeadas por uma das acusadas.

Já na Espanha, na residência de uma das acusadas, ela foi obrigada a prostituir-se. Além disso, foi proibida de sair de casa e não lhe foi fornecida alimentação suficiente, a fim de fazê-la emagrecer para agradar aos “clientes”.

Na denúncia, o MPF afirma que “a vítima sofreu graves violações em seus direitos fundamentais, como dignidade da pessoa humana, integridade física e liberdade de ir e vir”.

As quatro mulheres poderão ser condenadas a pena de até 25 anos de reclusão.

Sobre Redação do Jornal Grande Bahia 110000 Artigos
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]