Governo central tem superavit primário de R$ 64,5 bi até novembro, diz Tesouro

O governo central registrou superavit primário de R$ 64,558 bilhões entre janeiro a novembro deste ano, o equivalente a 1,95% do Produto Interno Bruto (PIB). O resultado neste período é R$ 27 bilhões superior ao apurado em igual período do ano passado. Em 2009, o governo central acumulava, na mesma base de comparação, um superavit primário de R$ 37,515 bilhões, equivalente a 1,30% do PIB. Os dados foram divulgados nesta terça-feira (28/12/2010), pela Secretaria do Tesouro Nacional.

Com relação a novembro, no entanto, o relatório mostra que o governo central registrou superavit primário de R$ 1,1 bilhão. O valor é bem menor do que o registrado em outubro (R$ 7,8 bilhões) para pagamento dos juros da dívida pública.

Para atingir a meta de R$ 76,3 bilhões equivalentes a 2,25% do Produto Interno Bruto (PIB), o governo precisa, em dezembro, de um superavit de R$ 13,5 bilhões.

Segundo o relatório, apenas o Tesouro Nacional teve superavit de R$ 111,595 bilhões nos 11 primeiros meses do ano. A Previdência Social registrou déficit de R$ 46,365 bilhões e o Banco Central apresentou perdas administrativas de R$ 672,5 milhões.

Do início deste ano até novembro, a receita total do governo somou R$ 821,821 bilhões, ante os R$ 659,657 bilhões acumulados em mesmo período do ano passado.

As transferências constitucionais a estados e municípios somaram R$ 123,964 bilhões no período, de forma que a receita líquida total correspondeu a R$ 697,857 bilhões, enquanto as despesas totais equivaleram a R$ 633,299 bilhões.

Compartilhe e Comente

Redes sociais do JGB

Publicidade

Faça uma doação ao JGB

Perfil do Autor

Redação
O Jornal Grande Bahia (JGB) é um portal de notícias com sede em Feira de Santana e abrange as Regiões Metropolitanas de Feira de Santana e Salvador. Para enviar informações, fazer denúncias ou comunicar erros do jornal mantenha contato através do e-mail: [email protected]